ColunistasReflexão

Tempo de milagres

milagres

É tanta gente cantando “o pecado”, quando o que a gente quer mesmo é cantar e contar milagres. Hoje eu tenho aqui, alguns para contar:



Quando me levanto e vejo os primeiros raios de sol pelas frestas do meu telhado, Ele está lá.

Quando tomo meu café pensando em todas as coisas que tenho para realizar e as que ainda não realizei…Ele está lá.

Quando num feriado estou enrolada nos meus invernos, vendo um filme que me aqueça o coração…Ele também está lá.


Na preocupação e na presença de um amigo, nos meus animais que voltam a me reconhecer, nos pássaros que forçam entrada dentro de casa…no meu encantamento pelas borboletas de várias cores que me param no caminho.

Ele está presente participando comigo dos meus dias! Ainda que muitas vezes os meus dias não sejam felizes como me forço a ver. Ele ainda assim, está!

milagres

E assim parece que nada de ruim realmente existe. Todo mal parece muito pequeno diante dessa presença. E é!! Pois não há sombras que não sejam vencidas pela luz.


Sabe, quando eu resolvi fazer meu jardim, aqui era só pedra e secura. Ninguém que olhasse acreditaria que nasceria algo dessa terra, além dos meus ingênuos sonhos.Mas é assim que se estabelece o milagre! Ele está em ver, o que ainda não está. Em ver o que ainda não é. Em saber simplesmente que tudo brotará e dará frutos e florirá porque você acreditou que sim. Porque essa é a natureza do bem, do bom, a natureza que se curva ao amém do criador.

Nada fica sem vingar…tudo que é plantado com amor verdadeiro, vinga! Sabe como eu sei? Eu sei porque eu acreditei na vida, mesmo diante das pedras. Eu acreditei ainda que tivesse escutado que meu solo não era fértil. Acreditei ainda que não pudesse fertilizar o solo como me disseram que deveria. Acreditei sem sombra de dúvida, quando tudo começou a brotar primeiro dentro de mim. E quando fora de mim tudo começou a crescer e até mesmo o que não plantei começou a surgir. E hoje, diante de tudo que vejo e me encanta nesse “jardim secreto” vejo que como um milagre tudo se fez sem que eu pudesse perceber.

Sabe gente, as vezes o milagre é assim! As vezes percebemos que o sol que nos amanhece é um milagre, as vezes não. Mas não deixará de ser milagre por isso. As vezes então o milagre está crescendo todos os dias um pouco mais a nossa volta em silêncio, como foi com meu jardim. E ele vai brotando…superando as barreiras do chão seco, da incompreensão, do impossível, e vai crescendo, criando raiz forte em nossas vidas, crescendo e se expandindo até chegar a ser perceptível em nós, para nós. E não mais que de repente percebemos que estamos vivendo o nosso milagre. Percebemos que ainda que não o tenhamos visto no corre-corre do dia, Ele estava lá, se formando, crescendo, para nós, por nós. E eu vou dizer uma coisa…devemos plantar nossas sementes de amor acreditando e vendo a realização de tudo. Só não devemos mesmo, olhar a terra todo dia para ver se brotou, manejá-la e água-la com lágrimas diariamente não é a solução.

O milagre se faz em silêncio. Ao silêncio dos olhos, dos ouvidos… Ele só dá uma certeza, uma satisfação; Ele se mostra única e exclusivamente ao seu coração. É, os milagres se apresentam diariamente.Sim, as vezes, quando prontos, se apresentam aos olhos do mundo. As vezes os nossos pequenos milagres, os mais grandiosos e imponentes para nós, se fazem na incompreensão dos outros, apenas dentro de nós. Brotando em meio a fé! A nossa fé!


milagres2

Eu já disse isso aqui, mas vou dizer novamente: para mim hoje, o maior milagre dessa vida é estar presente! Eu vou tentando estar…viver assim, presente em meus milagres e apresentando-os ao mundo em meio aos meus “incompreensíveis” sorrisos. Diariamente…

Que Deus abençoe sua vida com o despertar dos seus milagres, com a sua compreensão deles. Que o Criador de todas as coisas te mostre o inacreditável, o imperceptível aos olhos, o sublime, o sobrenatural que te dará a certeza e o conforto, de estar vivendo uma vida de milagres. E não importa que ninguém mais veja viu! Os milagres são intransferíveis e individuais minha gente. E as vezes isso dói. Reze por quem também precisa de alguns e simplesmente agradeça e viva todos os seus.

Beijos agradecidos de luz!


Meu namorado está proibido de sair, de beber … De viver

Artigo Anterior

Seus erros não definem você, eles guiam você

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.