Tenha pouco do que reclamar e muito do que agradecer! Muito sem Deus é nada. Pouco com Deus é tudo!



Antes ter pouco, mas ter Deus conosco e, portanto, ter o nosso Tudo!

Normalmente, na correria do dia a dia, não paramos para observar o essencial da vida. Mal percebemos a nossa capacidade ininterrupta de respirar e, portanto, de manter a vida. Não reparamos como o tempo é bem mais acelerado e curto do que podemos imaginar e essa noção de escassez, talvez, somente será notada, quando estivermos no fim desta jornada terrestre.

Também não percebemos que, muitas vezes, valorizamos o que temos e nos esquecemos Daquele que sempre está ao nosso lado e, mais precisamente, em nós mesmos: Deus!

A cada esquecimento, tornamo-nos seres vazios espiritualmente, ainda que os nossos corpos físicos sejam possuidores de muitos bens materiais e de meios mais do que suficientes para adquiri-los.

Assim, antes ter pouco, mas ter Deus conosco e, portanto, ter o nosso Tudo no Todo e em Tudo, do que ter muitos bens materiais e não possuir o essencial em nós!

Antes busquemos que o nosso receptáculo Sagrado esteja transbordante de Água Divina, do que inundado por algo que é provisório e que se desfaz, plenamente, após a deterioração desta prisão de carne que nada leva desta vida; prisão de carne que liberará a alma que trancafiou por singelo tempo, para o lado onde se levará que se praticou ou aquilo que se deixou de fazer.

Nossas boas obras permanecerão e poderão ser propagadas, se deixadas em boas mãos. As mesmas boas obras, residentes em nossa alma, são fonte de riqueza para o outro lado da vida; a verdadeira vida!



Tenha “pouco” e cultive os valores mais nobres, ora inalcançáveis às mãos; tenha amor inesgotável e ceda ao seu próximo!

Tenha pouco do que reclamar e muito do que agradecer!

Tenha “pouco”, para que possa ter muito!

Muito sem Deus é nada e pouco sem Deus é tudo!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.