6min. de leitura

Tenho saudade do tempo bom que tivemos

Tenho saudade do tempo bom que tivemos, das risadas e dos cafés.

Tenho saudade das noites de lua e sem lua, onde as estrelas marcavam o caminho. O silêncio do mar…naquela noite em que percebi que me amava, mas não sabia.


É pena. Foram tantos dias a esperar de você uma reação. Mas tenho mesmo que ir embora. Tenho pena, mas é preciso que eu vá. Tenho ainda algumas coisas para tratar com você. Nosso encontro foi de cura para sermos pessoas melhores.

Eu o encontrei num tempo em que ambos estávamos machucados,  tínhamos tanto em comum e, ao mesmo tempo, tanto de diferente! Carrego uma bagagem muito grande para continuar com você. Meu olhar é sempre mais além e temo fazê-lo infeliz porque não consigo viver essa vida que você quer para si.

Não quero magoá-lo, mas magoo a mim mesma enquanto vivo ao seu lado.

Ter que ficar dizendo, cobrando e lembrando o que eu gosto de ouvir em palavras, em gestos, em comportamentos, em jeitos de olhar e de responder. Ter que lembrar que estou aqui e gosto de saber que existo para você nas outras horas solares do dia é muita solidão para uma pessoa só sentir. E é isso que sinto. Sinto-me só e caminho o meu dia a sua espera. Mas, às vezes, você não vem e quando vem logo vai.


Cansei de ser seu segredo. Cansei de ser seu caso de amor. Cansei de ser, embora eu saiba que só tenha a mim, cansei de ser a outra. O seu dia não começa e não termina comigo. Eu sou aquela que está sempre no seu pensamento, mas os compromissos do seu dia são mais importantes do que eu. Sou o seu segredo, aquele que não conta às pessoas mais importantes da sua vida.

Eu sou o complemento, a cereja do bolo, quando na verdade eu só queria ter sido a sua amada. De repente, aquelas fotos todas que tiramos juntos, ficam perdidas no tempo, porque a nossa história não tem testemunha. E histórias sem testemunhas não sobrevivem aos dias, perdem-se entre a poeira que fica entre uma vida e outra e, então, nunca existiu.

Tenho o coração cheio demais de amor para deixar que se vá essa vontade de amar e de ser amada. Sem segredos. Sem esconder afetos, sem ser apresentada como amiga aos poucos amigos seus que conheci. Não gosto de não poder dizer ao mundo todo o quanto gosto de você, nem o quanto sou feliz. Nem sei o que dizer quando me perguntam se tenho um amor, porque você é como as criaturas da noite que só são vistas quando todos já estão a dormir.


Cansei de encontrá-lo em lugares escondidos e em sítios distantes onde não podemos ser reconhecidos. Eu não sei o que se passa no seu coração, mas cansei de esperar. Cansei de esperar por uma vida diferente que me diz baixinho ao ouvido como promessa enquanto me ama. Cansei de estar com alguém que tem tanto a esconder e tantos conflitos a resolver. Cansei de estar e não estar com você, de ser sua confidente e sua amiga enquanto eu quero mais.

Tenho saudade do tempo bom que tivemos, mas daqui para frente, já não o quero mais como um amor para recordar. Quero-o como amigo.

Mais que isto, sei que não pode me dar e eu compreendo. Afinal, se eu fosse mesmo a escolhida, já teríamos planos de uma vida a dois. Já teríamos planeado as próximas férias dos próximos anos. Já teríamos combinado ter um time de futebol a correr pelo pátio da casa e estaríamos a nos ver já com alguma idade a brincar com os nossos netos.

Não quero dizer que os relacionamentos todos devam andar por aí, mas entende o que eu quero dizer? Nunca tivemos planos juntos. Todos os planos eu tinha, mas todas as vezes que entrei nesse assunto, dizia: Tenha calma. Mas uma coisa é calma e outra coisa é não ter planos. Eu sei que aconteci na sua vida, mas quando isso acontece, ou se define que é só algo passageiro ou então se faz planos. Não lhe pedi para casar no dia seguinte. Pedi apenas que tivéssemos uma história.

Tenho saudade do tempo bom que tivemos, mas sem história e sem futuro, meu bem, não posso continuar e nem posso querer forçá-lo a fazer todas estas coisas.

Afinal, eu aconteci na sua vida e você não tem culpa de eu querer mais do que está disposto a me dar.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: creativefamily/123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.