Notícias

Tiago revela mágoa do avô Silvio Santos: “Não posso implorar para ser amado”

Tiago revela magoa do avo Silvio Santos

O ator Tiago Abravanel desabafou com alguns colegas de confinamento no BBB22 sobre a sua relação distantecom o avô, o apresentador de TV e dono do SBT, Silvio Santos.

Segundo Tiago, o avô materno só compareceu a uma festa de aniversário sua.

“As pessoas não imaginam… tirando meu aniversário de um ano, que tem foto dele comigo no colo, meu avô nunca foi em uma festa de aniversário minha”, disse ele.

Tiago também revelou que não recebe ajuda do avô na carreira artística. “‘Ah, vovô botou ele lá, né?’ Não foi. O autor da novela foi ao teatro, gostou do meu trabalho e me chamou para fazer um personagem na novela. Inclusive fiz teste em uma novela da Íris, esposa do meu avô, e não passei no teste”, afirmou.

Tiago Abravanel é filho de Cíntia, a primeira filha de Silvio Santos, fruto do primeiro casamento do dono do SBT com Maria Aparecida Vieira Abravanel, que morreu em 1977. Íris Abravanel é a atual mulher do apresentador e, com ele, teve cinco filhas.

Tiago é filho de Cíntia, filha primogênita de Silvio Santos com sua primeira esposa, Maria Aparecida Vieira Abravanel, que faleceu em 1977. Hoje o =dono do SBT é casado com Íris Abravanel, com quem teve cinco filhas.

Ainda em seus desabafo com colegas no BBB22, Tiago contou que a família é dividida e que, em celebrações como o Natal, por exemplo, não é convidado para estar com o avô: “Minha relação com o lado da família do meu avô praticamente não existe, ao contrário do que as pessoas pensam. Eu aprendi a lidar com isso de uma maneira mais leve, mas já me machuquei muito. Já me doeu demais saber que a gente estava comemorando Natal, eu, minha mãe, minhas irmãs e meus sobrinhos, e o resto da família estava todo junto e a gente não estava”, disse.

“E quando eu falei ‘não posso mais sentir essa dor, não quero mais sentir essa dor’, foi justamente no Natal. Vi que estava feliz com minha mãe, junto, com a família unida e eu olhei, mais uma vez, pelo Instagram, pela internet, que estavam todas as outras filhas e os outros netos junto com ele. E aí eu falei: ‘Tá tudo bem’. Eu senti essa dor durante 33 anos. Quando isso aconteceu, eu virei uma página. Pensei: ‘Por que estou julgando o Natal feliz dessa família, se nunca fiz parte dela?”, avalia.

0 %