AmorColunistasRelacionamentos

Tô morando de aluguel em corações alheios, mas queria era morar em você…

Depois que você decidiu que o meu coração e os meus sonhos eram pequenos demais pra você e saiu pela porta sem olhar pra trás, só restou uma bagunça generalizada.



Eu decidi que ficar ali sozinha também não era uma boa ideia então sai e tranquei a porta, fui buscar outros ares em outros lugares e em outros corações.

Encontrei muitos por ai, alguns perdidos depois do fim e sem rumo como eu. Encontrei hospedagens de apenas uma noite e algumas tão velhas, acabadas e desgastadas que mais pareciam filme de terror.

Encontrei outras novinhas em folha, mas com medo de que alguém entrasse e sujasse as paredes recém pintadas.


to-morando-de-aluguel-foto-01

Tive vontade de ficar, mas me pediram pra partir. Encontrei lares tão receptivos que me chamaram pra entrar, me mostraram o lugar, aconchegante e com espaço o suficiente para nos acomodar. Eu e a minha bagagem pesada e difícil demais de carregar. Me disseram aqui não falta amor e me pediram pra ficar, mas eu não fiquei.

Tive medo e fugi.

Também tive medo de voltar e me deparar com a casa abandonada que deixei depois que você se foi. Continuei seguindo sem rumo certo, me mudando várias vezes sem encontrar o meu lugar.


Sabe, eu tenho morado de aluguel em corações alheios por um bom tempo, mas queria mesmo era morar em você. Queria mesmo era fazer do seu peito morada, já que você ainda vive aqui dentro do meu peito. Poder dizer que eu vim pra ficar e fazer de você o meu lar.

Te vejo em dez anos…

Artigo Anterior

Tudo o que sei sobre amor…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.