Pessoas inspiradoras

“Todo trabalho é digno”. Jovem de 17 anos, que vende picolé, dá resposta genial ao sofrer preconceito

capatodo trabalho e digno jovem de 17 anos que vende picole da resposta genial apos sofrer preconceito

Essa jovem deu uma lição às pessoas que a enxergam de forma diferente por conta do seu trabalho. Veja!



Lucyanna Silva, uma jovem de Bananeiras, no agreste da Paraíba, sentiu na própria pele o preconceito que muitas das pessoas que buscam o próprio sustento em empregos não convencionais enfrentam todos os dias.

Em entrevista ao G1, a jovem disse que começou a trabalhar vendendo picolé depois do falecimento de seu tio, que morava com ela, os irmãos e seus pais. O homem ajudava a sustentar a casa, já que sua mãe não trabalha e o pai é ajudante de pedreiro, nem sempre tendo renda garantida.

Motivada a conquistar as próprias coisas e diminuir as contas da mãe, aos 14 anos, Lucyanna começou a sair às ruas da sua cidade para conseguir o próprio dinheiro, e desde muito cedo precisou enfrentar os deboches e o preconceito das pessoas que a enxergam como inferior por causa do seu trabalho.


Como resposta a todas elas, a adolescente fez uma publicação em seu perfil no Instagram, que viralizou, com mais de 63 mil curtidas. Junto a uma foto em que aparece ao lado do carrinho de picolé, ela se mostrou muito orgulhosa da forma como ganha a vida.

2todo trabalho e digno jovem de 17 anos que vende picole da resposta genial apos sofrer preconceito

Direitos autorais: reprodução Instagram/@lucyannasilc.

Lucyanna escreveu que, apesar de vender picolé há três anos, muitas pessoas ainda se espantam quando ela toca no assunto.

A jovem revelou que já passou por muitas coisas nesse tempo, incluindo piadas desrespeitosas, deboche de outras meninas, dedos apontados, entre atitudes de pessoas que acham “o fim do mundo” uma jovem de sua idade sair sob o sol quente para ganhar o próprio dinheiro.


Também afirmou que ouviu muitos pais falando que seus filhos tinham vergonha de vender coisas na rua, bem como comentários que diziam “quanta coragem” ou “Deus me livre!”.

Apesar de tudo isso, ela encontrou a coragem para dizer que “todo trabalho é digno” e eu “nada cai do céu”, explicando que não é preciso trabalhar apenas quando se está passando por necessidades.

3todo trabalho e digno jovem de 17 anos que vende picole da resposta genial apos sofrer preconceito

Direitos autorais: reprodução Instagram/@lucyannasilc.

Lucyanna disse que quis sair da “asa” de seus pais e comprar as próprias coisas. Ainda aconselhou outros jovens a não deixarem de fazer as coisas por vergonha ou medo do que os namorados e amigos vão pensar, porque, caso se afastem deles, é porque nunca os mereceram.


Finalizando a publicação, a jovem disse que ainda estava no “início de sua caminhada” e agradeceu por todos os que sempre a apoiaram. Milhares de comentários de incentivo foram deixados em sua postagem.

Ainda na entrevista, a adolescente disse que quis motivar outros jovens a não terem vergonha dos “trabalhos mais simples da vida” com sua publicação, acrescentando que também recebe elogios e conselhos diários em seu trabalho nas ruas. Lucyanna mostrou ser dona de uma humildade muito especial, que a levará longe na vida. Que seu exemplo seja seguido por mais jovens!

Justiça concede semiaberto a Lindemberg Alves, condenado pela morte de Eloá

Artigo Anterior

Os irmãos são os primeiros amigos que fazemos na infância e que vão permanecer conosco por toda a vida!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.