Como se tornar uma pessoa sortuda

8min. de leitura

Antes de me tornar terapeuta as coisas davam muito errado. Eu tinha uma firma de engenharia e tudo, ou quase tudo dava errado. Era incrível como se configurava uma questão de falta de sorte. Parecia que o azar me perseguia.



Às vezes, eu ficava animado com a negociação de um contrato que tinha tudo pra sair, de repente, a empresa desistia de fazer o serviço. Ou então contratava outra firma pra fazer. Às vezes, eu pegava um contrato bom que ia bem, só que no meio do caminho aparecia algum problema na obra e ela tinha que ser paralisada por uma questão burocrática qualquer. Trabalhei também muito para órgãos públicos através de licitação. Era impressionante como aconteciam problemas técnicos, burocráticos e financeiros que levavam a paralisar as obras e atrasar os pagamentos.

E foi assim durante sete anos. O azar me perseguia e eu não entendia o porquê. Isso me levou a acumular uma dívida enorme e com isso surgiu um quadro de ansiedade e depressão. Eu me sentia impotente, refém do destino. Até que, depois de muito sofrimento, fui buscar autoconhecimento pra tentar me sentir melhor. Passei por vários caminhos ao longo dos anos e fui descobrindo as razões daquela falta de sorte.

Na verdade, descobri que existem mecanismos inconscientes que ajudam a criar a realidade. E são eles os responsáveis pela má ou boa sorte. Eu vou citar aqui cinco mecanismos:


– As escolhas erradas inconscientes.
– A distorção da realidade.
– O mecanismo de atenção seletiva.
– A busca inconsciente por sofrimento.
– A lei da atração.

Tudo isso é influenciado pelo que você guarda no seu inconsciente. E se você guarda muita negatividade, esses mecanismos vão ajudar a criar uma realidade de sofrimento e vai parecer que você é muito azarado.

Depois de muito trabalho de autoconhecimento, descobri muita coisa negativa que eu guardava. Eram problemas de autoestima e várias crenças e sentimentos negativos com relação à profissão, ao dinheiro e à prosperidade. Isso me levava a fazer várias escolhas erradas de forma inconsciente.


Isso funciona da seguinte forma. vou dar um exemplo:
Se você lá dentro se sente culpado em ganhar dinheiro, você irá fazer escolhas erradas para que você não ganhe, ou para que você perca dinheiro. Mesmo quando você racionalmente diz que quer ganhar mais.

O processo da escolha acontece em um nível mais profundo, inconsciente, que vem antes do racional. Assim, se tiver dois contratos, um que vai dar muito dinheiro e outro que vai dar errado, a tendência é que você escolha o que vai dar errado. E se você escolher o que vai dar certo é provável que, também de forma inconsciente, cometa vários erros que levem esse contrato a dar prejuízo.

Mas é possível ainda que você termine o contrato e ganhe muito, mas em seguida irá dar um jeito de fazer escolhas inconscientes que o levarão a perder aquilo que ganhou. Isso acontecia comigo. De vez em quando, um contrato dava um bom lucro. No entanto, aconteciam depois vários outros problemas que levavam embora todo o lucro, dando prejuízo. Esses processos de escolha são bem sutis e você pensa que está fazendo a melhor opção, mas no fundo, a negatividade que você carrega faz a escolha por você.

O mesmo vai acontecer se você tiver uma baixa autoestima. A baixa autoestima é normalmente causada por sentimentos de rejeição de experiências do passado. E são várias situações que geram sentimentos de rejeição: criticas, cobranças, falta de elogios, indiferença, abandono, falta de atenção, perdas, violência etc.. Isso faz a pessoa sentir que ela não tem valor. E se ela não tem valor, também não se sente merecedora. E esse não merecimento irá levar a escolhas inconscientes muito equivocadas. Mas vai parecer tudo obra do acaso e da má sorte.

Já a lei da atração faz com que situações negativas venham até você, sem que você tenha feito nada. Se você carrega muitos sentimentos negativos, eles atrairão situações que farão você sentir mais daqueles sentimentos ruins. A negatividade interna funciona como um ímã e começam a surgir pessoas e situações que trazem sofrimento. E mais uma vez parece obra do acaso.

Os mecanismos de criação da realidade se combinam e se complementam. Então eu, além de fazer várias escolhas erradas de forma inconsciente, ainda tinha a lei da atração trazendo muitas situações difíceis pra minha vida. Tem ainda os outros mecanismos que eu citei, mas não vai dar pra explicar aqui neste artigo. Mas todos são importantes e eles acabam se misturando uns aos outros.

Com o trabalho de autoconhecimento e a prática da *EFT (técnica para autolimpeza emocional), fui gradativamente descobrindo e limpando a negatividade que eu carregava. Então, “coincidentemente” a minha sorte aumentou; já havia deixado a firma de engenharia e me tornei terapeuta. E as coisas começaram a fluir cada vez melhor. Claro que também existiam dificuldades, mas os aspectos bobos sempre superavam. E assim consegui crescer muito profissional e financeiramente.

A partir daí, começaram a surgir livros, pessoas, informações, cursos, muita coisa útil pra me ajudar a crescer. Era a lei da atração atuando, só que de forma favorável porque a negatividade havia sido removida. O mecanismo sabotador de fazer escolhas erradas também fora amenizado, por isso diante das coisas que apareciam conseguia fazer escolhas melhores.

Era incrível como antes surgiam coincidências negativas. E agora é incrível como surgem coincidências positivas na área profissional e meu trabalho cresceu muito. E quando surgem as oportunidades, consigo aproveitá-las.

Uma dessas “coincidências” foi um e-mail que eu recebi falando de uma aula gratuita sobre marketing digital. E como eu me interesso pelo assunto, que é o que uso pra divulgar o meu trabalho, assisti à aula e descobri uma nova forma de fazer que dava um resultado dezenas de vezes melhor do que o que eu já conseguia, que já não era ruim. Depois que aprendi as técnicas mais avançadas, coloquei em prática e o meu trabalho deu uma grande alavancada.

Então, é isso que acontece quando você limpa a negatividade. As oportunidades surgem e você não se sabota, você aproveita! E você se torna uma pessoa de “sorte”.

Por André Lima

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.