Comportamento

Totia Meireles, 63 anos, fala sobre falta de filhos: “Dou graças a Deus por não ter tido”

Diferentemente de muitas mulheres, a atriz não tem o sonho de ser mãe, e falou abertamente sobre isso.



Para muitas mulheres, a maternidade é o que torna sua vida verdadeiramente completa. Independentemente do sonho de serem mães ou se os filhos chegaram de surpresa, mas mudaram completamente o seu caminho, elas se orgulham muito de sua função na vida dos filhos e acreditam que esse foi o maior presente que poderiam ter recebido da vida.

Isso é algo realmente especial e que faz a diferença na vida das crianças, que crescem dentro de famílias saudáveis, em que se sentem amadas e cuidadas verdadeiramente, colaborando para que se tornem adultos maduros e com estado emocional muito bem preparado para receber os próprios filhos.

No entanto, muitas mulheres não têm o sonho da maternidade e preferem guiar-se noutras direções. Apesar de gostar de crianças e admirar suas semelhantes que são boas nessa função, elas buscam outros objetivos e metas para si.


Essa é uma decisão que acarreta muito julgamento, por isso muitas mulheres desapegadas do desejo de ser mães acabam escondendo as próprias escolhas, mas existem aquelas que falam abertamente sobre sua opção de vida, como é o caso da atriz Totia Meireles.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@totiameireles.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@totiameireles.

Totia, atualmente com 63 anos, faz parte do grupo de mulheres que não desejam ter herdeiros. Casada há 30 anos com o médico Jaime Rabacov, ela falou sobre o tema numa entrevista à Revista Quem.


A atriz disse que já teve o sonho de ter um filho e até mesmo tentou engravidar, aos 36 anos, através de um tratamento que estimula a ovulação. No entanto, quando o tratamento não deu certo, ela disse que imaginou se tratar de um sinal.

Totia acredita que é muito difícil para as mulheres tomarem a decisão de não ter filhos, mas afirmou dar “graças a Deus” por não tê-los tido, porque não queria as responsabilidades de mãe, como acordar de madrugada.

Segundo ela, “filho é para quando você é nova. Filho você não desliga e pendura no armário”. No entanto, sua escolha pessoal não a afastou para sempre da presença de crianças. A atriz é tia, mãe e avó “postiças” das crianças de sua família.

O desejo de não ter filhos não condena o caráter de uma mulher nem significa que ela deteste crianças, é apenas uma opção de vida que merece respeito, como qualquer outra.


Técnica em enfermagem cearense, de 19 anos, emociona-se ao vacinar pai e mãe contra a covid-19

Artigo Anterior

Menino catador de recicláveis, que não estudava por não ter material, recebe doações e volta à escola!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.