Toxidade – afaste-se de toda influência negativa!

6min. de leitura

Em nosso convívio social encontramos todos os tipos de pessoas, umas de bom coração outras nem tanto. Todo mundo conhece ou já conheceu alguém que parece sempre estar querendo lhe desmotivar, tentando te fazer aceitar que tudo o que ela/ele é ou faz é melhor do que você pode um dia conquistar. Essas pessoas, infelizmente, estão por todo lugar, pode ser um familiar, um vizinho, um chefe, ex-marido/esposa, um colega de trabalho ou um suposto grande amigo.



Você reconhece uma pessoa tóxica facilmente, ela está sempre próxima a você tomando toda a sua energia positiva. Seus “conselhos” são ácidos, fantasiada de verdades absolutas elas estão ali para lhe dizer que você não conquistará nenhum dos seus sonhos, ela rirá dos seus planos e irá impor o limite do seu sucesso pessoal e profissional, lhe fazendo duvidar e questionar constantemente às suas capacidades.

TOXIDADE - FOTO 01

Mesmo com esse comportamento venéfico por algum motivo algumas pessoas tendem a apresentar dificuldade em cortar vínculos, o que é entendível uma vez que em grande parte dos casos envolve uma relação profissional ou uma questão afetiva muito forte, qual consiste na esperança de você ser a mudança na vida do outro.


Preciso lhe explicar que considero que há no mundo dois tipos de pessoas tóxicas – a primeira é aquela que age de maneira desestimulante por experiências vivenciadas, geralmente são pessoas que tiveram uma infância muito sofrida, ou que batalharam e toleraram muita coisa para chegar à posição que estão, ainda que isso não represente obrigatoriamente grandes cargos ou influencia social, enfim, motivos quais, não abonam, mas justificam parcialmente o seu comportamento ínvido e desgastante.

Essas pessoas, em suma, tem facilidade de manipulação e imposição de seus pensamentos, por mais que você resista a ser como elas quando menos espera está agindo, falando e até mesmo pensando igual, e provavelmente isso lhe fará mal, pois desarmoniza com a sua essência.

O segundo tipo, é ainda pior, trata-se de pessoas abusivas, estas são perigosas, pois elas entram em sua mente de uma forma inimaginável, elas mexem com sentimentos profundos e lhe aprisionam psicologamente, te fazem acreditar que você é responsável pelos erros, vícios e as falhas alheias, quando isso passa bem longe da verdade.


Se o seu ex cônjuge fala mal de você para o seu filho, ele não é ciumento ou ainda te ama, ele é abusivo, se o seu chefe é grosseiro e lhe humilha não é porque você é um incapacitado é porque ele é abusivo, se seu marido/esposa comete violência verbal não é porque não sabe expressar amor ele/ela é abusivo, se seu filho lhe maltrata com gestos, falas e atitudes, lamento, ele é abusivo.

Em qualquer um dos casos de toxicidade, você precisa ter a certeza que não lhe cabe aderir à síndrome de super-herói e querer salvar o indivíduo, muito menos acreditar que aquela pessoa, que age constantemente desta maneira, faz isso porque está em um dia ruim. Não use desculpas para abusos, não tente “salvar” ninguém dessa vida. Se você quer proteger alguém de alguma coisa defenda a si mesmo, preserve a sua vida e saúde, afaste-se destas pessoas o quanto antes.

TOXIDADE - FOTO 02

Quando li o livro “O segredo” uma das passagens que mais me chamou a atenção é o momento em que Rhonda Byrne compara a nossa energia às estações de rádio, no livro ela aponta que somos como um rádio, dependendo da frequência que emitimos para o universo, atraímos determinadas coisas para nossas vidas. Gosto tanto dessa comparação que passei a olhar para os outros e perceber que a teoria do rádio poderia também ser aplicada a eles. Pois, quando você está ouvindo uma música que não gosta você pode simplesmente mudar de estação, procurar uma que toque músicas agradáveis. E é essa habilidade que você tem que ter quando está próximo de pessoas venéficas, você não precisa estar ali, você pode mudar de estação a hora que quiser. Ninguém precisa ouvir, sentir ou vivenciar algo que não lhe agrada, o poder da mudança e da felicidade está em suas mãos.

Você precisa entender que há muitas pessoas em sua vida que te amam exatamente como você é, querem a sua felicidade, querem ser o motivo do seu sorriso. Nenhuma pessoa precisa mendigar a atenção. Quando você deixa de lado a sua insegurança, o medo do novo e a necessidade de aceitação você percebe que consegue se afastar destas pessoas, consegue sentir o prazer da felicidade plena, pois percebe que ela só depende de você e as vezes para conquista-la é necessário apenas dar um passo de cada vez rumo a felicidade e longe de toda influencia negativa.

Lembre-se daquele conselho de mãe: Quem te luz própria, incomoda quem está na escuridão. Ilumine sua estrada com bons pensamentos e se afaste do que não lhe convém.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.