Comportamento

“Trabalhar aqui é para fracassados.” Professora humilha ex-aluno ao encontrá-lo trabalhando em fast food

O estudante teve uma experiência muito desagradável com uma ex-professora e decidiu compartilhá-la nas redes sociais. Confira!



Os professores são pessoas que costumamos admirar muito. Os mestres, que em muitos momentos, além de nos ajudar nos estudos também nos dão grandes lições para a nossa jornada de vida, acabam se tornando nossos amigos e grandes exemplos, motivando-nos a ser cada dia melhores e cheguemos aonde eles chegaram.

O papel desses profissionais, além de espalhar o conhecimento, é acreditar em seus alunos, motivá-los, não importa a sua condição de vida. Devem ser capazes de enxergar além da situação atual dos alunos e motivá-los a seguir lutando pelos seus sonhos, com palavras de incentivo e força, sempre com muito respeito e consideração.

Já contamos por aqui vários casos de professores que se dedicam aos alunos, dando comida, ajudando a construir casa e costurando roupas para eles. No entanto, infelizmente nem todos os profissionais são capazes de demonstrar o mesmo cuidado e empatia.


Alguns professores caminham na contramão da gentileza com os alunos e podem protagonizar cenas no mínimo desnecessárias, que provocam revolta.

Uma dessas profissionais teve uma atitude polêmica numa situação cotidiana e foi parar nas redes sociais. Jordiel Rivera, um jovem que trabalha na rede de fast food McDonald’s, compartilhou em seu Facebook o reencontro nada agradável com a sua ex-professora numa publicação que viralizou.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Jordiel Rivera.

O adolescente contou que, durante um dia de trabalho, atendeu à mulher, que o reconheceu e perguntou se era Jordiel. À confirmação do jovem, ele se deparou com uma declaração bastante negativa da ex-professora. Ela lhe perguntou o que estava fazendo trabalhando naquele lugar e se não estava estudando.


Pacientemente, Jordiel disse que ainda estava estudando. Em seguida, a professora rebateu dizendo que deveria seguir estudando mesmo, porque trabalhar naquele local não era para pessoas inteligentes, e sim para fracassados.

O jovem disse que sentiu o seu corpo quente e apenas entregou o pedido à mulher, desejando-lhe um  bom dia. Ele desabafou que trabalhar em fast food não é algo fácil e que os funcionários precisam ser “inteligentes e capacitados” para atender a clientes como a ex-professora.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Jordiel Rivera.

Ele ainda explicou que a maioria dos funcionários desses locais são jovens estudantes que “querem seguir em frente e ter um futuro brilhante”, fazendo um apelo para que as pessoas não humilhem nunca esses funcionários, pois eles dão o melhor de si para que todos vão embora dos restaurantes felizes.


No final da publicação, ele ainda pediu que a professora tenha mais empatia. Mais de 75 mil pessoas reagiram à publicação e o incentivaram a continuar se dedicando ao trabalho e aos estudos, afirmando que nenhum trabalho é motivo de vergonha. Que grande exemplo esse jovem deu. Esperamos que sua publicação tenha chegado à professora e que ela tenha aprendido a lição!

Todos os dias, dono leva cãozinho sem movimento nas pernas para passear em cama improvisada!

Artigo Anterior

Ursa tem filhotes e leva os bebês ao quintal de amigo humano para apresentá-los!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.