Comportamento

Treinadora é criticada por usar calça justa e salto em jogo. Disseram que estava vestida para ir ao bar

Capa Treinadora e criticada por usar calca justa e saltos em jogo. Disseram que estava vestida para ir ao bar

Os críticos da internet disseram que ela não parecia uma treinadora com aquela roupa, mas Sydney Carter não se deixou abalar pelos comentários que recebeu.

Sydney Carter teve uma carreira brilhante como jogadora de basquete; envolveu-se com o esporte ainda jovem, jogando no nível universitário, na WBNA, e até profissionalmente, fora dos Estados Unidos, sua terra natal. Apesar de suas realizações na quadra, a coordenadora assistente de recrutamento e treinadora de desenvolvimento das jogadoras do time feminino do Texas A&M ganhou as manchetes, mas desta vez não foi por conta do desempenho das atletas sob sua responsabilidade, mas sim por causa das roupas que estava usando.

Em entrevista ao Yahoo, a treinadora falou da situação que ocorreu em 7 de fevereiro de 2022, quando ela postou fotos de como estava vestida para um jogo do Texas A&M. Com calças justas e cor-de-rosa e um par de sapatos de salto alto, Sydney chamou a atenção da internet, mas não de forma muito positiva. Vários “trolls” disseram que ela não estava vestida de forma correta, como uma treinadora supostamente deveria se vestir, e os comentários sobre sua roupa logo tomaram conta da internet, dividindo opiniões. Uma pessoa chegou a dizer que parecia que ela estava indo a um bar e não para uma partida acompanhar seu time.

Basta uma rápida olhada no feed de publicações de Sydney para perceber que ela gosta de postar as roupas usadas durante os jogos e sempre se arruma muito bem para a ocasião. Aquela nem mesmo era a primeira vez que ela usava saltos na quadra, embora alguns internautas afirmassem que seus pequenos saltos poderiam prejudicar o piso da quadra.

Foram vários os comentários de homens e mulheres desmerecendo o trabalho de Sydney por conta da roupa e calçado, dizendo que se ela gostaria de ser respeitada em seu ramo, deveria se vestir de forma a conseguir isso. Uma pessoa chegou a insinuar que seu time deveria tomar algum tipo de penalidade pelo que Sydney usava, uma acusação sem sentido, uma vez que suas roupas não interferem no desempenho das atletas em quadra.

2 Treinadora e criticada por usar calca justa e saltos em jogo. Disseram que estava vestida para ir ao bar

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @sydcarter4

Mas as roupas de Sydney não foram recebidas apenas com comentários ruins. Uma usuária do Twitter desafiou as pessoas que criticaram a treinadora, perguntando-lhes o que havia de errado na roupa dela, inclusive cobrando argumentos plausíveis. Por fim, a defensora de Carter disse que os críticos deveriam ficar quietos e apenas deixar que aquela poderosa mulher negra fizesse seu trabalho.

Sobre o seu palpite a respeito do que nela teria provocado aquelas reações do público, Carter afirmou que a maior controvérsia da história para seus críticos não está em seu jeito de vestir, mas sim no fato de ela ser uma mulher negra numa posição de destaque no esporte, um meio ainda dominado pelos homens.

A treinadora acredita que algumas pessoas ainda ficam desconfortáveis com uma mulher negra tendo tanto destaque e por ela ser, além de treinadora, uma mulher suficientemente confiante em si e no seu corpo para usar o que quiser, isso pode ter sido intimidante para alguns que se recusam a aceitar, por isso os ataques.

Sydney contou que desde os seus primeiros dias no esporte, quando ainda conquistava as quadras, as discussões sobre sua aparência e habilidades sempre estiveram presentes, mesmo que aquelas pautas nada tivessem o que dizer sobre o seu desempenho como atleta.

Durante sua carreira, ela ouviu que jogadoras de basquete sempre eram mais viris que as demais e se igualavam até aos jogadores masculinos. Ou seja, quando uma jogadora não performa muita feminilidade, é julgada como muito bruta. Mas se optar pelo caminho da feminilidade-padrão, é considerada como jogadora inferior. Sydney conta que, assim como em outras áreas, as mulheres no basquete simplesmente não podem satisfazer a todos, tornando a experiência de ser mulher mais difícil ainda.

A atleta desabafou dizendo “como é difícil para as mulheres não receberem o mesmo que os homens ou que as pessoas pensam que não podem fazer as mesmas coisas ou algo tão bem como eles, principalmente numa indústria dominada pelo masculino”, como é a sua.

Embora afirme que não se veste visando a comentários, Carter diz que a expressão de sua feminilidade em particular é o que parece desencadear críticas, pois ela está de roupas justas, salto alto e cor-de-rosa nas fotos.

Mesmo com o peso das críticas, a treinadora diz não ter remorso algum em viver como à própria maneira, expressando-se como quer. Disse de forma poderosa que não desligará sua luz por pessoas que se sintam ofendidas pelo fato de ela se aceitar e se amar.

Apesar das críticas, o feedback extremamente positivo de muitos outros fez seu coração sorrir. Ela recebeu apoio de sua equipe Texas A&M, que postou fotos suas entrando na quadra vestindo uma saia de couro com a legenda: “Deixe-os falar. Nós te protegemos”.

Ela afirma que quando escolheu aquelas roupas para o jogo, não estava querendo começar uma conversa ou virar notícia, estava apenas sendo ela mesma.

3 Treinadora e criticada por usar calca justa e saltos em jogo. Disseram que estava vestida para ir ao bar

Direitos autorais: Reprodução Instagram / @sydcarter4

0 %