6min. de leitura

Três coisas que aprendi na Espanha

Aqueles que já acompanham meus textos há mais tempo sabem que estou vivendo em Madrid na Espanha desde Junho de 2016.



Resolvi morar aqui porque minha mãe reside no país há quase 11 anos e ela está passando por momentos delicados e, por isso, decidi passar um tempo com ela, afinal sou sua única filha.

Nesse meio tempo, aproveitei para organizar minha cidadania italiana e residência na Espanha.

Tudo que estou vivendo aqui, com certeza, é um grande aprendizado.


Separei três coisas para compartilhar com vocês que aprendi com a cultura espanhola:

1º Aprendizado – Ter menos pressa

Não vou generalizar, mas a maioria dos espanhóis são bem tranquilos, caminham devagar, fazem as coisas lentamente, sem pressa.

Confesso que no começo isso me irritava, estava acostumada a fazer três ou quatro atividades ao mesmo tempo.

Sempre atrasada e cheia de compromissos, comportamento típico da América.


Aqui eles não possuem esta agonia de fazer tudo rápido, eles simplesmente fazem o que está dentro das possibilidades deles. O que não dá para fazer, fica para amanhã.


2º Aprendizado – Cantar e dançar mais

Você pode até não acreditar, mas eu lhe juro que desde as crianças até os idosos, todos amam cantar e dançar, principalmente o Flamenco, faz parte da cultura deles.

É muito legal, eles sempre estão dançando e cantando entre a família e os amigos!

Não é de se estranhar estar caminhando pela rua e ver um grupinho batendo palmas e cantando a todo pulmão.

Deve ser por isso que eles vivem mais de 90 anos!

Porém, não se engane, nem todos são assim. Existem também os “rabugentos” de plantão.


3º Aprendizado – Caprichar no café da manhã

Eu sempre gostei de tomar café da manhã, mas aqui aprendi a tomar um café da manhã mais saudável e nutritivo.

A maioria dos espanhóis levanta cedo e pega seus filhos e cachorros para tomar o café da manhã em cafeterias.

Inclusive, aqui eles são apaixonados por “perros“, quase todas as famílias têm um cachorro.

Pode fazer frio de menos 2 graus ou calor de mais de 40 graus, eles não têm preguiça de sair de casa para tomar café da manhã.

O “desayuno” espanhol geralmente é um pão tostado com tomate “rayado“, eu mesma já viciei e como isso todos os dias de manhã.

Para nós brasileiros, pode parecer estranho, mas é uma delícia, vale a pena experimentar!


Vou lhes ensinar rapidinho como preparo meu desayuno

  • Primeiro tosta o pão, fica mais gostoso com pão francês, aqui eles chamam de Pan Leña
  • Segundo passo é ralar um tomate ou se preferir pode fazer um patê de tomate: bata no liquidificador o tomate, alho, um pedaço pequeno de pão (pode ser o pão de ontem), azeite de oliva e sal a gosto.
  • No pão tostado você pode colocar um pouco mais de azeite de oliva (o azeite de oliva espanhol é muuuuuiiitttoo bom).

Outra opção de café da manhã espanhol é: pão (na verdade, eles comem pão com tudo, em todas as refeições) com abacate e ovo mexido.

Antes de você torcer o nariz, eu juro, é muito bom!

Confesso que no começo achava bem estranho, tinha bastante preconceito, até que um dia uma amiga preparou e eu amei.

Na Espanha, é muito comum comer abacate, na salada, com comidas salgadas.

Antes de vir para cá, eu só comia o abacate com leite e açúcar batido no liquidificador.

Hoje em dia, o abacate está mais presente no meu dia a dia.

E claro que muitos espanhóis preferem comer um bom pão tostado com o típico jamón serrano (jamón é como se fosse o primo rico do presunto).

Estes foram alguns aprendizados que a Espanha me ensinou, claro que existem outros mais, porém vou deixar para os próximos textos.

Morar em outro país realmente é uma experiência incrível, porém exige bastante flexibilidade da sua parte.

Você vai precisar de muita, mas muita paciência e persistência. É como se você voltasse a ser criança em um corpo de adulto. Você precisará aprender a falar outro idioma, precisará se submeter a trabalhos que jamais você faria no seu país e ter muita humildade!

Não tem espaço para o orgulho em uma experiência como esta, porque no começo você precisará de ajuda para quase tudo. Mas pode acreditar, vale muito a pena!

É sofrido, dá muita saudade, mas se você já estiver num caminho de autoconhecimento, você vai tirar de letra os contratempos.

Em resumo, é uma experiência que vai acrescentar uma grande expansão de consciência para aqueles que buscam desenvolvimento pessoal.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: maridav / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 14/08/2018 às 7:06





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.