3min. de leitura

Três frases constantes na mente e na fala das mães!

“Onde foi que eu errei? Onde eu estou errando? Será que eu estou errando?” Três frases constantes na mente e na fala de nós, mães

Então, mãezinhas, esse texto é para vocês que se perguntam onde estão errando, se erraram e estão errando! Primeiramente, errar é completamente normal, faz parte da vida de todo ser humano.


Mãe, antes de você ser mãe, você é um ser humano. Erra, errou ou talvez esteja errando neste momento. Toda mãe que ama o seu filho não erra por querer errar, não erra sabendo que está errando e permanece no erro, não acorda e diz “hoje eu vou errar com meu filho(a)”! Erra tentando acertar, erra tentando fazer o melhor, acreditando que está acertando!

Na verdade, errar é uma ótima oportunidade para aprender, mas por falta de conhecimento e por uma “reprodução de comportamentos”, que supostamente deram certo, os pais da nossa geração e gerações passadas nos fizeram crer quer errar era algo ruim, que o erro deveria ser “abafado” ou escondido e, muitas vezes, que não deveríamos errar, fazendo nossas mães sentirem-se fracassadas, culpadas e frustradas na nossa criação e nós na criação de nossos filhos, de forma sucessiva.

Porém, mães, saibam que é apenas através da experiência e do exercício que os erros são corrigidos.

Muitas vezes, é preciso uma sucessão de erros para que se aprenda. E isso vale para nós também!


Daqui a uns 10 anos, por exemplo, eu posso olhar para traz e dizer que eu poderia ter feito muita coisa diferente, mas daqui a 10 anos eu terei mais conhecimento do que tenho hoje e verei outros resultados que não posso ver agora. Portanto, livre-se da culpa, livre-se da frustração, livre-se da angústia!

Se for o caso, peça perdão, reconheça o erro, resolva e busque solução, mas lembre-se sempre: você é um ser humano, terá errado ontem, pode errar hoje e amanhã!

Aprenda com os “erros” e foque nas soluções!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/gstockstudio.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.