6min. de leitura

Três Passos Para uma Atitude Mental Positiva

1. Pense, não reaja.

Quando surge uma dificuldade, a tendência é entrar em pânico ou ficar perturbado, ou até ressentido. Tais reações são emocionalmente condicionadas, e se os atos do indivíduo forem determinados em tal estado de espírito, provavelmente faltará a eles racionalidade. É preciso disciplinar-se para ser calmo na maneira de pensar. A mente deve estar tranqüila, pois ela não consegue pensar quando em ebulição; só quando está fria é que a mente-pode produzir aqueles conceitos racionais, fatuais, que levam às soluções. Não se permita emoções. Pense! Sua cabeça é, na verdade, seu maior bem. É preciso mantê-la sempre sob controle disciplinar. Lembre-se da declaração atribuída a Thomas A. Edison:


“O principal propósito do corpo é carregar o cérebro”. O grande inventor sabia que é na mente, trabalhando com serenidade, que obtemos idéias e não impulsos. Com essas idéias sólidas resolvemos os problemas.

2. Torne-se um pensador ‘como’.

Depois de trinta anos de trabalho árduo, Fred perdeu seu negócio por causa de um sócio desonesto. Eu esperava que ele estivesse cheio de rancor quando veio ver-me. Em vez disso, contou ter descoberto que seus bens eram bem maiores do que as suas dívidas.

– Tudo o que eu tinha quando comecei há trinta anos eram US$ 50,00. Tenho agora US$ 500,00. Como vê, estou em melhor situação nesse ponto – disse ele com um sorriso. – Comecei com uma mulher maravilhosa, e ela continua comigo, graças a Deus. Tenho também muito mais experiência hoje.


Dentro de um ano depois do seu revés, ele havia começado outro negócio e ia bem. Mas, a declaração que fez e que ficou comigo foi esta: “Decidi não ser um pensador ‘SE’, mas um pensador ‘COMO’”. Essa é uma distinção que nos faz pensar. O pensador se reflete sobre uma dificuldade ou revés, dizendo amargamente consigo mesmo: “Se apenas tivesse feito isto ou aquilo… Se apenas esta ou aquela circunstância tivesse sido diferente… Se outros não me tivessem tratado tão injustamente…” O processo continua de explicação em explicação, dando voltas, sem chegar a lugar algum. O mundo está cheio de pensadores SE derrotados.

“Todo problema contém as sementes de sua própria solução.” – Stanley Arnold


O pensador COMO, por outro lado, não gasta energia em autópsias quando tem de enfrentar dificuldades ou até desastres. Mas, começa imediatamente a procurar a melhor solução, pois sabe que sempre há uma solução. Ele se pergunta: “Como posso usar criativamente este revés? Como posso extrair algo bom dele?”

O pensador como resolve eficazmente os problemas porque sabe que existem sempre valores numa dificuldade. Ele não perde tempo com condicionais “SES” fúteis, mas começa a trabalhar diretamente nos “COMOS” criativos.

3. Creia que pode e poderá.

Este princípio dinâmico tem sido demonstrado na vida de grande número de crentes para deixar qualquer dúvida quanto à sua validade. É muito importante crer que você pode, com a ajuda de Deus, enfrentar e vencer todos os problemas. As palavras crer e poder estão ligadas numa unidade de criação ativa. Se acreditar que pode, você pode.

Certo homem que estivera passando por um fracasso atrás do outro viu num livro frase que o impressionou: “Espere o melhor e consiga”. Isso o atingiu em cheio, e ele admitiu para si mesmo que seus pensamentos tinham sido derrotistas. A cada dia estivera esperando o pior e recebendo o pior. Começou então a procurar na Bíblia idéias “práticas” que apagassem a sua imagem de fracasso. Encontrou várias, inclusive estas duas:

“Pedi, e dar-sevos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á” (Mt 7.7) e “Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação” (2 Tm 1.7).

Essas passagens bíblicas fizeram nele uma verdadeira lavagem cerebral, eliminando dúvidas e inferioridades. “Decidi”, disse ele, “tomar uma atitude diferente em relação ao meu emprego. Iria começar cada manhã dizendo: ‘Gosto do meu trabalho. Este vai ser o melhor dia da minha vida’. Comecei a ver que, se não acreditasse em mim mesmo, não poderia esperar que ninguém acreditasse em mim.”

Essa foi a experiência de R. Gene Scalf, que contou sua história na revista Guideposts. Você deve, então, fortalecer a sua fé enfraquecida com os conceitos poderosos da Bíblia. A Bíblia está repleta de pensamentos que produzem fé, os quais podem renovar toda a sua atitude mental. Quando isso acontecer, você se tornará um crente que pode trilhar um caminho de fé para vencer os problemas.

Do livro: 6 Atitudes para um Vencedor, de Norman Vincent Peale





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.