4min. de leitura

Três segredos para uma relação amorosa agradável, profunda e estável:

Existem vários fatores envolvidos nos relacionamentos amorosos profundos e duradouros.



Segundo técnicas de coaching, existem três segredos capazes de construir, ou reconstruir, uma relação amorosa agradável, profunda e estável:

1. Ajuda mútua

O primeiro segredo é ajudar-se mutuamente, não é ajudar o outro e sim ajudar um ao outro. Tem gente que entra num relacionamento com o intuito de cuidar do outro, de servir, de se doar. Não há problema nenhum nisso, contanto que haja reciprocidade. Se o cuidado e a doação vêm apenas de uma parte, automaticamente, o relacionamento fica desequilibrado e tende ao fracasso.

Há muitos relacionamentos que sobrevivem à base desse vício de “amar por dois”. Todos nós precisamos de alguém para nos ajudar a viver melhor, a enfrentar os desafios da vida, mas precisamos ajudar o outro também. Não deve existir explorador e explorado. Apenas quando duas pessoas se importam e cuidam uma da outra, elas se ligam, conectam-se. Caso contrário, não há conexão, ou esta é desfeita.

Nos relacionamentos duradouros as pessoas presenteiam-se continuamente, não necessariamente com coisas materiais, mas com expressões dos seus sentimentos. É muito importante que haja um convite para que ambos contribuam para a vida um do outro.



2. Projeto em comum

Nossas programações mentais são direcionadas a alcançar um relacionamento e não a mantê-lo. Portanto, é primordial ter um projeto em comum. Não se trata apenas de afinidades, e sim estabelecer um propósito a ser construído em conjunto.

Não vale cogitações como “Um dia eu gostaria de…”, e sim objetivos concretos, com metas a serem atingidas para a realização de um objetivo maior.

O que desgasta os relacionamentos não é a quantidade de tempo que os casais passam juntos, mas sim a falta de projetos. É preciso uma programação em comum para que a relação viva, e não apenas sobreviva.


Os deveres como cuidar da casa, dos filhos e da própria saúde, por exemplo, dificilmente mantém um relacionamento agradável e estável, se não forem combinados com um projeto. É preciso que ambos construam juntos alguma coisa que irá ajudá-los a crescerem juntos, assim como poderá ajudar também outros casais. Esse recurso que gera uma conexão mais profunda.


3. Admiração é uma condição do amor

A admiração não pode desaparecer, pois é uma das condições do amor. Consideração e gratidão não devem ser confundidas com admiração. Não dá para viver de passado. Os sentimentos precisam ser alimentados constantemente.

E como fazer com que o outro continue nos admirando?

É preciso combater nossos pontos fracos, e estarmos em constante melhora e crescimento para atrairmos a admiração constante. Por exemplo, aprender outro idioma, aprender um instrumento, criar um projeto para divulgação do próprio trabalho, focar em um projeto para melhorar de vida e programar-se para sua realização, fazer artes marciais ou dança para melhorar a coordenação motora, etc.

É importante ressaltar que, cuidar do nosso desenvolvimento é algo extremamente natural, que não deve ser feito apenas para manter um relacionamento, mas, principalmente, para manter a admiração por nós mesmos, pela nossa própria vida, na manutenção do amor-próprio.
____________

Direitos autorais da imagem de capa: deagreez / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.