Natureza

Truque do pano: aprenda a proteger seu cachorro do barulho feito pelos fogos de artifício no ano novo!

truque do pano

O final do ano é uma época de festa, comemorações e muita alegria. Nós nos reunimos com amigos, familiares, trocamos presentes, apreciamos boas comidas e nos encantamos com a beleza dos fogos de artifício. No entanto, o que representa a alegria para a gente, pode ser o maior medo de nossos queridos amigos, os cães.



Quem tem um cachorro sabe o quanto os fogos podem prejudicá-los. Eles ficam estressados, com medo, em pânico, porque os barulhos e ruídos são muito intensos.

Muitos cachorros acabam até fugindo de casa, durante os fogos, e se perdendo da família.

Existe uma técnica simples que ajuda a proteger o seu cão dos efeitos intensos dos fogos de artifício, ela é chamada de Tellington Touch, e explica que os animais que possuem grande pavor ao barulho dos fogos costumam ter grande sensibilidade nas regiões traseiras, patas e orelhas.


Uma maneira de ajudar o seu amigo a passar pelos fogos de Ano Novo com tranquilidade é usar um pano para atá-lo, dessa maneira a circulação sanguínea das regiões extremas do corpo será estimulada, amenizando as tensões localizadas no seu dorso e diminuindo a irritabilidade.

Confira o passo a passo na imagem abaixo:

truque do pano2

Você deve colocar o pano de uma maneira que englobe peito e dorso (formando um oito), e finalizar dando um nó na região traseira, tomando cuidado para que não fique exatamente sobre a coluna.


A técnica Tellington Touch, de acordo com o site The Ann Arbor News, foi desenvolvida por Linda Tellington-Jones, e inicialmente era usada em cavalos.

A técnica é eficiente porque, ao amarramos o pano em nossos cachorros, ajudamos a reverberar no sistema nervoso dele, que recebe a informação sensitiva, envia ao cérebro e o deixa mais calmo, porque a pequena pressão estimulada pelo pano ativa seu sistema nervoso autônomo.

Conforme a pressão das faixas é sentida pelo corpo, a psique e tronco do cão começam a trabalhar em conjunto e harmonia, deixando o animal mais seguro e protegido contra os prejuízos dos fogos.

Helena Truksa, bióloga com foco em psicologia e especializada em comportamento animal na Ethos Animal alerta que apesar de a técnica ser uma boa maneira de prevenção já que “os cães sentem-se mais seguros em locais pequenos e apertados, e as faixas e camisetas desenvolvidas com essa finalidade, simulam esta sensação”, não pode ser considerada como uma salvação, porque cada cão reage de uma maneira diferente aos fogos, e sempre devem ser cuidados e protegidos.


Tente a técnica, mas esteja sempre por perto de seu cão, para que passe por esse momento com muito amor e carinho.


Quanto tempo e energia, você vai desperdiçar com o que foi?

Artigo Anterior

A sabedoria do silêncio interno: a chave que te conecta com o todo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.