Comportamento

Tuas passageiras insatisfações de concurseiro…

Recebi um e-mail de um concurseiro contando a sua história e dizendo que iria desistir dessa vida de “privações”. Afirmou, com certa revolta, que “esse tal YPP ONU é impossível de passar, os reais concorrentes ao CACD são todos filhos de papai e esse concurso OFCHAN depois de anos de espera será um festival de cartas marcadas”. Bem, ele tem todo o direito de pensar o que quiser. Afinal, o nosso pensamento ainda é livre. Mas esse desabafo do rapaz só me fez pensar nas tais insatisfações passageiras de todo concurseiro. Sim, pessoal, são temporárias por uma razão simples: TUDO PASSA.



Jovens, adultos criados, criaturas das mais variadas posições sociais e dos mais diferentes contextos de vida continuam a sofrer com as insatisfações. Todo concurseiro busca a aprovação no concurso dos sonhos como se buscasse incessantemente o casamento perfeito. Só que nada é perfeito na vida.

Todo concurseiro luta para dissimular a insatisfação interior que pensa ser causada pela pressão da sociedade, mas não percebe que a pressão é criada por ele mesmo. Sim, a pressão é sua, pois você é o responsável por aceitá-la em sua vida. Não responsabilize a sua tia distante que sempre te encontra no Natal e pergunta: “E aí, mais um ano, você já passou?”.

tuas passageiras


A culpa não é da sua tia. O problema é exclusivamente seu, pois a escolha é apenas sua. Você escolheu cada passo que conduziu até a vida que você tem hoje. Acabe com essa mania de se fazer de vítima e achar que é muito ruim depender dos outros para alcançar seus sonhos. Após uma análise sincera, você vai descobrir que sofre de uma dependência diferente: a dependência emocional.

Talvez você esteja precisando de ajuda para definir o que seja “dependência”. Lembro de quando eu era bem pequena e achava ruim ter que depender de meu avô para comprar um picolé que só deixavam eu comer no fim de semana. Mas sabe como é criança…eu queria o tal picolé todo dia. Ainda bem que eu não demorei muito para compreender que dependência financeira não é nada se comparado com o real estado ou qualidade de dependente, de estar subordinado de fato ao outro por força das circunstâncias. Muita gente reclama de barriga cheia sem saber o que é de fato ser dependente do outro.

Todos concordam que é muito ruim aceitar um posto na Síria ultimamente. É bom lembrar que caso você seja aprovado no concurso dos seus sonhos, você pode “passear” como diplomata, oficial de chancelaria ou servidor público internacional da ONU por lugares muito piores do que o seu lar, aquele que hoje você reclama tanto.

Por isso tudo, quando as pessoas me perguntam o que é preciso fazer para passar no YPP ONU ou em qualquer outra seleção como o CACD ou OFCHAN eu costumo responder com algumas perguntas: 1) você já se autodescobriu o suficiente para saber se é isso mesmo que você deseja para a sua vida?; 2) você conhece, suficientemente, o cotidiano da profissão que pensa ser o seu sonho ou você conhece apenas o 1% do “glamour”? Caso você conheça apenas o 1% do “glamour” que é ser diplomata, oficial de chancelaria ou oficial de ONU, lembre-se de que o seu salário é pago pelo suor dos outros 99% de trabalho árduo que você nem de longe imagina do que se trata na prática.


tuas-passageiras-foto-de-capa-e-foto-02

Enfim, a minha resposta para aquele rapaz, que representa tantos de vocês atuais concurseiros, é para não desistir do seu sonho se você sabe de fato o que deseja. Se você já se conhece o suficiente, vá em frente. No entanto, se você busca um cargo com o intuito de alcançar uma mera posição de status, prestígio por ter passado numa seleção difícil e para sair por aí empinando o seu nariz esnobe, por favor, eu o incentivo fortemente a desistir. Nós não precisamos de mais pessoas como você no funcionalismo público nacional e internacional. Peço que busque a dissimulação da sua insatisfação interior em outro lugar, caso contrário você vai se frustrar.

O verdadeiro prestígio está em investir nos seus valores mais íntimos. Insatisfação não se cura projetando-a sobre situações, pessoas, títulos, poder, posições sociais, mas reconhecendo as causas reais da sua insatisfação emocional. O remédio ideal é o autodescobrimento dos seus comportamentos inadequados e destrutivos, que provocam essa incômoda atmosfera de descontentamento com as tuas passageiras insatisfações de concurseiro.

Chuva de Luz!


Permita a vida levar o que tiver de ir embora…

Artigo Anterior

Um cartão de aniversário…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.