Testes

Tudo é o fim do mundo! O elemento que mais chamou a sua atenção revela quão dramático você é!

Capa Tudo e o fim do mundo O elemento que mais chamou sua atencao revela o quao dramatico voce e

Você não precisa negar suas emoções, mas também não faz bem exacerbá-las a ponto de ser consumido por elas! É preciso uma dose de bom senso com todo esse drama.

Há quem diga que uma dose de drama pode ser divertida, uma forma de romantizar nosso cotidiano, fazendo com que nossas vidas se pareçam um pouco mais com as obras do audiovisual, nas quais, graças a um roteiro, todos os dramas têm uma razão de ser.

Mas sabemos que na vida real pode ser diferente. Às vezes, uma necessidade constante de drama na vida pode ser apenas um indicativo de que alguém não sabe lidar com os momentos de marasmo. Uma pessoa dramática pode perder de vista seus objetivos e relações simplesmente por deixar suas emoções enevoarem sua visão.

A imagem deste teste, logo acima, ajuda a desvendar quão dramático você pode ser. Preste bastante atenção no que a frase lhe tenta dizer e depois confira os resultados.

(Para todos verem: escolha entre os seguintes itens para saber o nível do seu drama: uma paisagem de rochas ao luar, um grupo de baleias belugas que se confundem com as nuvens, um rapaz pulando na água, uma nadadora e um grande cardume)

Se você viu uma paisagem com formações rochosas banhadas pelo luar

Não existe um grama sequer de drama no seu ser, aliás, isso pode ser visto tanto de forma boa quanto negativa, afinal um pouco de dramatização pode ser algo divertido ao longo do dia, mas se esse foi o elemento que você viu primeiro, certamente essa não é a sua praia.

Você gosta de olhar as coisas pelo todo e não analisando fissura por fissura de um acontecimento, logo é muito difícil algo fazê-lo perder as estribeiras e achar que nada tem solução.

A verdade é que você sabe que tudo termina bem e, caso as coisas não estejam bem, é apenas um sinal de que não acabaram ainda.

Se você viu um grupo de baleias belugas que se confundem com as nuvens

Certamente você já ouviu alguém dizer que você vive no mundo da lua, e sabe que isso foi apontado com razão! Sua forma de ver o mundo é completamente diferente das dos demais, ou seja, o que pode não parecer nada para alguém pode ser motivo de muito sofrimento para você. Você faz o seu drama em momentos que ninguém espera, ou seja, quase sempre fica como o incompreendido.

É melhor tentar ter algum controle nos momentos difíceis, pois se algum dia o drama o dominar, pode ser que você fique sem ajuda, pois ninguém vai entender o motivo do seu sofrimento. Tente se abrir com alguém de confiança, que possa compreender seus motivos e reações.

Se você viu um rapaz pulando na água

Assim como o rapaz da pintura, você se joga em todas as sensações, sejam elas positivas ou negativas. E para surpresa de muitos, você gosta disso!

Para você, o drama é como se fosse um tempero a mais na vida: agrada-lhe ter um pouco dele aqui e ali, aumentando uma briga, intensificando o amor, doendo-se por algo muito simples, mas se ultrapassa o limite do que você gosta, já deixa de lado.

Você é uma daquelas pessoas que acha o drama algo que pode ser divertido, pois com ele as questões mundanas do dia a dia se parecem mais com as cenas que tanto amamos das séries e filmes. Você é o protagonista da história, logo ser um pouco dramático não é nada mal.

Se você viu uma nadadora

Nada abala a sua plenitude, você sabe navegar pelos seus sentimentos como ninguém, sempre consciente de que tudo passa — tanto bom quanto ruim — e que precisamos apenas dar espaço para que o sentimento escorra para fora de nós. É por isso que o drama não o atinge com tanta facilidade. Se você for pego em um momento dramático, será apenas por que sua alma precisava disso, dessa sessão de choro e intensidade para elaborar algo.

Sua força está na clareza com que compreende suas emoções. Você apenas permite que elas sigam seu curso naturalmente, como tem de ser.

Se você viu um grande cardume

Como os peixes na pintura, suas emoções são vastas e diversas, todas unidas como um cardume, prontas para tomar conta de você. E assim você aceita.

Você é passional e adepta ao drama, é como se sua vida não pudesse fluir sem uma dose de sofrimento e intensidade além da conta. Desconhece a estabilidade emocional e sempre pergunta se um sentimento é real, caso ele não o faça recorrer ao drama.

Cuidado com essas atitudes, você pode perder coisas muito boas — porém calmas — simplesmente porque elas não são carregadas dessa intensidade louca que o atrai.

0 %