ColunistasFelicidade

Tudo está bem no meu mundo!

Tudo está bem no meu mundo site

É muito fácil responder quando alguém pergunta como você está. Se você não está bem, sabe bem como explicar os motivos.



A dificuldade é muito clara, as dores são claras, a angústia é clara, porque nos acostumamos com isso.

Mas hoje me perguntaram: Como você está? – E eu respondi: Tudo está bem no meu mundo! Porque assim é!

Parei para pensar como poderia explicar essa sensação, porque realmente tudo está bem no meu mundo!


Não havia queixas, memórias ruins ou dores. Só a suave presença do bem-estar.

Mas porquê?

Por isso decidi escrever, porque escrever realmente me ajuda demais.

Há algum tempo venho aplicando o ho’oponopono em minha vida, que é uma prática onde assumimos que tudo o que acontece na nossa vida, seja de bom ou ruim, é de nossa responsabilidade, e que praticamos o perdão por nós mesmos e pelos outros, e a gratidão por tudo e por todos.


E é tão bom aprender a olhar a vida com outros olhos! Não se culpar, ou não culpar o outro pelo que acontece!

Viver! Simplesmente, viver! Viver o agora!

Quando mudamos certas crenças em nossas vidas, crenças negativas como o hábito de reclamar, de se comparar, de verificar a todo momento o que nos falta, tudo fica diferente!

Eu tenho 35 anos, e nesses 35 anos consegui resolver cada problema meu, e o que não consegui resolver foi por que não eram problemas meus! Porque agora então irei me preocupar com o futuro! Tudo sempre deu certo, e o que não deu certo é porque não era pra ser. Simples assim!


Deixo a vocês essa reflexão,

Parem de pensar no que não deu certo e seus porquês!

Pensem no que deu realmente certo e sejam gratos, porque gratos somos felizes, mas nem sempre felizes somos gratos, e a gratidão é a única porta para real e plena felicidade.

Sintam-se plenos, completos e felizes!


#gratidão #86400

___________

Direitos autorais da imagem de capa: alenkasm / 123RF Imagens


O segredo das pulgas saltitantes…

Artigo Anterior

Como amenizar a dor da saudade por quem já se foi…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.