4min. de leitura

Tudo passa, menos o que temos de sagrado em nosso coração

Tudo aquilo em que acredito e busco com a minha alma estão dentro do meu coração.


Os caminhos do coração passam pela emoção mais pura e verdadeira, passam pela alma que é como a de criança. Meus caminhos, meus sonhos, minhas buscas interiores, tudo aquilo em que acredito e busco com a minha alma estão dentro do meu coração. Lá também estão as minhas verdades, os meus desejos gigantescos e também os outros que são pequenos, singelos, mas nem por isso são menores em importância, valor, porque tudo o que vem do coração é grandioso e significativo.

O coração é enorme, contém muitas coisas, nele cabe a nossa imensidão, tudo está lá impresso. Tudo em que acredito e quero de melhor vem deste lugar, todos os meus tesouros estão contidos nele.

Caminhos do coração

Cada um de nós tem os seus “caminhos do coração”, porque ele é feito do valor que cada um credita a ele, da grandeza que deposita todos os dias nele, os nossos sonhos mais profundos, os nossos sentimentos, o nosso amor, tudo o que resolvemos cultivar e regar.


Precisamos, de vez em quando, fazer uma faxina, retirar os sentimentos negativos que, ao longo do tempo, vão pesando e sobrecarregando nosso coração, dificultando novas escolhas por caminhos melhores. São sentimentos que nos impedem de ouvir a voz doce e suave do coração leve. É nesse momento que nos confundimos, erramos o caminho, andamos por atalhos de ilusões, porque estamos sobrecarregados de tristezas, mágoas ou outros sentimentos que não são bons orientadores.

Percebemos o quanto é importante nos livrarmos do que pesa nesse doce órgão, ele em si é leve, doce, é só amor, é só afeto. Ele só quer dar e receber gostosuras de amor, mas ficamos perdendo tempo e vida com coisas que só nos prejudicam.

Vamos transmutar as energias, ultrapassar momentos, vencendo, livrando-nos de tudo o que nos impeça de levar a vida de forma mais leve, pautada nos caminhos do coração.

Hoje eu me abraço e ouço a voz calma e suave do meu puro amor a me dizer: “Você é flor, encante, perfume a você mesmo e a todo o ambiente. Você é doçura, distribua coisas lindas, bonitas. Você é amor! Distribua todo esse amor e receba muito amor de todos, muita doçura e perfume.” Pronuncie essas palavras para você também, é um ótimo exercício de merecimento e autoamor.


Tudo passa, menos o que temos de sagrado em nosso coração. O que é profundo e verdadeiro viaja conosco através de todos os tempos, espaço, dimensões.

Não pare de anotar no bloco da vida, para gravar, para fixar, para interiorizar: coisas felizes, coisas boas, coisas leves, que nos nutrem, palavras, pensamentos do coração, sonhos, amor, boas surpresas, criatividade, intuição.

Tenha sempre à disposição: bloco, papel, caneta e impressão no coração.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.