Tudo tem seu tempo. Vivamos no presente, e o futuro a Deus pertence!

7min. de leitura

O rio tem curso próprio e a vida também, então, para que precipitar, fazendo uma tempestade num copo d’água, que desgastará ou arruinará a boa relação?



Percebo que, com a imperfeição do ser humano, se perdem preciosas oportunidades de ele ser feliz. Quantas vezes nos deparamos com situações esplêndidas e acabamos deixando “passar batido”, sem aproveitá-las como deveríamos.

A ambição do ser humano em querer sempre mais e mais é seu maior veneno.

Tudo é perfeito. A vida é perfeita. Os desígnios de Deus são perfeitos. O que devemos fazer é impedir que sejamos enganados pelas emoções que brotam do nosso coração.


Quantas vezes nos deparamos com o desejo de ter coisas impossíveis e inviáveis, e perdemos a chance de aproveitar todas as coisas boas, frutos do que temos, as quais, na maioria das vezes, conseguimos a duras penas, com muito esforço e sacrifício, vencendo os desafios mais difíceis?

Quantas vezes “passou batido” a possibilidade de aproveitar a fase do namoro perfeito em virtude de não se ter situação financeira favorável para a constituição de uma família naquele momento?

Esquecemo-nos de que tudo tem o seu tempo e acabamos estragando tudo com nossa ansiedade, por querer viver o futuro no presente.

Tudo tem o seu tempo e não adianta apressar as coisas. Um castelo se constrói com um tijolo de cada vez. Na plantação, a mesma coisa, é necessário preparar a terra antes para depois jogar a semente e esta, no seu devido tempo, germinará, crescerá e dará frutos.


Na nossa vida, não é tão diferente. Se é tempo de namorar, então que se namore bastante e se aproveite o máximo de tempo para estarem juntos. Passeiem, viajem, assistam a filmes, abracem-se, beijem-se, troquem ideias, façam amor… Aproveitem esse momento propiciado pelo auge da paixão e desfrutem de tudo isso ao máximo. Vivam o presente e esqueçam-se do futuro.

Sonhar e fazer planos a dois fazem parte do namoro mas, como tudo na vida, tem de haver equilíbrio, há um limite e não se deve forçar nem atropelar nada. A vida se encarregará de ajeitar as coisas, e pode ter a certeza de que não será da sua maneira, nem da dele, muito menos da sociedade.

E mais: não será no tempo que você considera ideal, nem no tempo dele ou da sociedade. Será no tempo certo. O rio tem curso próprio e a vida também, então, para que precipitar, fazendo uma tempestade num copo d’água, que desgastará ou arruinará a boa relação?

Se estão estudando ainda, aproveitem a fase gostosa do namoro e deem força um ao outro para terminarem os estudos, que será a base para a construção de uma carreira promissora e feliz.

Se terminaram o ensino superior e querem continuar crescendo, fazendo especialização, mestrado, doutorado ou até mesmo um curso extracurricular, que o façam! Continuem usufruindo da fase do namoro e incentivando um ao outro.

Se terminaram os estudos e estão na fase de ingressar no mercado de trabalho, o que não é nada fácil devido à concorrência e dificuldades inerentes ao esse mercado, não se desesperem, lembrem-se sempre de que vocês são felizes namorando e gostam muito da companhia um do outro.

Tenham calma, paciência! Pode até levar algum tempo até conseguirem se estabilizar profissionalmente. Não se desesperem! Tudo a seu tempo.

Se já se firmaram profissionalmente e sentem que é esse o momento de avançar da fase do namoro para uma vida em comum, constituindo a família de vocês, ótimo! Desfrutem agora de cada momento, da escolha do cantinho de vocês, dos móveis que tenham a cara do casal.

Mas lembrem-se: os dois devem participar juntos, cada um abrindo mão de um pouquinho e os dois contribuindo de maneira igual para a construção de algo em comum. Nada de egoísmo, tudo deve ser dividido e construído em comum. Nada de deixar tudo nas costas de apenas um.

O início de uma vida a dois exige contato diário e constante e, tendo em vista que ambos saíram de famílias com usos e costumes diferentes, será necessária a fase de adaptação, mesmo que tenham décadas de namoro.

Será que cada um é realmente aquilo que mostrava ser na fase do namoro, quando se viam de maneira esporádica e cada um sendo dono do próprio nariz?

Mais uma vez, não se precipitem, deem tempo ao tempo, o tempo mostrará todos os defeitos e também virtudes até então desconhecidos.

Se perceberem que é isso mesmo que querem, parabéns, vocês dois são o suficiente e já formaram uma linda família, tendo como base o amor, o respeito, cumplicidade, companheirismo, solidariedade e amizade. Dessa forma, já são felizes e estão aptos a vencer qualquer desafio. Se, de comum acordo, quiserem ter filhos, vão em frente. E assim sucessivamente.

Somos únicos e cada um tem sua história de vida.

Independentemente de qualquer coisa, o que se deve ter em mente é que não devemos viver presos num mundo de faz de conta, contando com o futuro incerto e inexistente criado por nossas fantasias em detrimento do real, certo e existente, com muitas coisas maravilhosas para serem desfrutadas.

Tudo tem o seu tempo, então vamos viver da melhor maneira possível o presente, pois o futuro a Deus pertence.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: balazschristina/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 16/03/2020 às 4:48






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.