Pessoas inspiradoras

Turista deixa grande parte da sua herança para que funcionário de hotel não precise mais trabalhar

Um turista britânico, que frequentava o hotel na Turquia, deixou grande parte da sua fortuna para os funcionários do local.



Muitas pessoas sonham com o dia em que vão ganhar na loteria, mesmo que a maioria nem sequer chegue a fazer os jogos ou apostar em números. Quem sabe também alimentar os sonhos imaginando o dia em que um parente rico fará com que se torne herdeiro ou herdeira.

O dinheiro como uma válvula capaz de solucionar os problemas de maneira ágil faz parte da forma como a sociedade se estrutura, enaltecendo o capitalismo e os rendimentos como mecanismos de troca.

O funcionário de um hotel na Turquia se surpreendeu quando recebeu grande parte da herança de um dos clientes do local onde trabalha, depois que ele faleceu. Charles George Courtney, da Grã-Bretanha, fez uma amizade sincera com Taskin Dastan, já que se hospedava anualmente no Korumar Hotel de Luxe.


Assim que Charles morreu, no começo deste ano, Taskin teve uma grande surpresa quando os advogados disseram que a maior parte do testamento ia para ele, sendo que outros itens e coisas de menor valor foram destinados a outros funcionários do hotel.

Segundo reportagem do “Daily Mail”, o homem sempre os tratou como se fossem parte da mesma família, chegando até a contribuir com a educação dos seus filhos. Charles tinha 87 anos, e Taskin trabalhava como carregador no hotel desde o início de 1990, o que significa que eles se conheciam havia muitos anos.

Direitos autorais: reprodução Facebook/TC Taskin Dastan.

Todos que conhecem o funcionário, explicam que ele tem o incrível talento de fazer qualquer um se sentir em casa, e que seu comportamento é que fez com que o hóspede se sentisse próximo. Para Taskin, os hóspedes não devem ser tratados como simples visitantes, mas como parte da família, por isso ele acredita e pratica um tratamento de igualdade.


Ele revela que já sabia da generosidade de Charles, já que em outra ocasião acabou lhe oferecendo dinheiro para arcar com os estudos dos filhos, mas que nunca chegou a pedir nenhum favor ou esperou que ele lhe desse grande parte da fortuna.

Ninguém sabia de nada, mas no início deste ano, num telefonema do Reino Unido, um advogado explicou que alguns funcionários herdariam a maior parte da fortuna de Charles, algo que surpreendeu até os familiares do homem, que não imaginavam que ele deixaria o dinheiro para “desconhecidos”.

Direitos autorais: reprodução Facebook/TC Taskin Dastan.

Além de Taskin, alguns outros funcionários e colegas também receberam quantias menores, mas ninguém sequer sonhava que estava “na fila para receber algo”. O montante não foi revelado, mas todos dizem que é suficiente para que ele não precise mais trabalhar, mas o funcionário explica que sempre amou sua função, e pretende prosseguir no ofício.


Vendida pela avó ainda bebê, mulher reencontra pais biológicos após quase 50 anos: “Um milagre”

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.