publicidade

Um brinde ao que somos e ao que nos tornamos!

Hoje eu levanto a taça e sugiro que façamos um brinde. Todos nós. Eu e também você que agora lê este artigo. Quero que faça um brinde. Você merece esse brinde.

Brindemos a todas as noites que passamos em claro, esperando o cônjuge chegar, curando a febre do filho amado ou chorando pela perda de um amor ou de uma vida.



Brindemos a todas as vezes que tivemos vontade de gritar, perder o controle e que nos mantivemos firmes, fortes e seguros (por fora).

Brindemos às despedidas que tivemos, a cada novo adeus, a cada balançar de mão e a cada último olhar…

Brindemos às dores que enfrentamos, aos sabores amargos que experimentamos e a todas as decepções que carregamos no coração e na memória.

Um brinde, criança, a nós, por termos superado tudo o que a vida colocou em nosso caminho, cada obstáculo, cada imprevisto, cada amor desfeito.


Vale um brinde também, a eles! Sim!! A todos que nos fizeram sofrer, que nos jogaram na sarjeta e nos picaram em tantos pedaços de agonia e desespero. Um brinde a eles! Pois, sem eles, nada seríamos. Não teríamos nos transformado na pessoa que hoje somos, com coragem, força e experiência.

Um brinde a cada capítulo do livro da nossa vida que rasgamos ou que queimamos. Graças a eles, escrevemos nosso livro!

Um brinde, ainda mais especial, a tudo aquilo que hoje nos tornamos. A aquilo que somos e a tudo o que ainda podemos ser.


Esse brinde, meu amigo ou minha amiga, demonstrará que chegamos até aqui apesar de todas as dificuldades, de todas as lutas, de cada rejeição, humilhação, fracasso ou descaso!

Cá estamos nós, erguendo uma taça e dizendo para nós mesmos que: EU ESTOU AQUI, ENTÃO EU VENCI!

____________

Direitos autorais da imagem de capa: dolgachov / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.