Um dia seu adeus não vai doer tanto

É exatamente isso que a vida nos ensina: a remover do nosso caminho tudo aquilo que não nos faz bem.

Para isso acontecer, enfrentamos muitas provações, muitas renúncias são feitas, muitas lágrimas são derramadas. Mas tudo nesta vida tem limite.

E aquilo que tinha possibilidade de permanecer um dia, a vida nos ensina a descartar, deixando-a assim mais leve e a gente mais feliz.

Temos uma mania de carregar fardos desnecessários que nos impedem de evoluir. E o pior de tudo é que essa mania nos escraviza por um bom tempo.

Chega um momento em que a bagagem se torna tão pesada e inútil! Só temos esse entendimento depois de muito sofrimento! Descartá-la é a melhor alternativa e não demora muito para deixarmos para trás.

Isso também é aplicado aos relacionamentos, na vida profissional e uma série de momentos e circunstâncias.

Quando o fardo se torna insuportável, é hora de dar adeus e seguir o caminho.

O tempo se responsabiliza para que isso aconteça da melhor maneira.

Somente ele tem um poder enorme de curar, mas também de escravizar e matar, quando não entendemos que é preciso evoluir, mudar e seguir um novo trajeto, de preferência, sem bagagens pesadas e desnecessárias.

Bom mesmo é quando o tempo remove as bagagens desnecessárias, então passamos a querer algo novo, melhor e totalmente diferente do que estamos vivendo.

Somente assim, compreendemos que o nosso adeus não vai doer tanto.


Direitos autorais da imagem de capa: wall.alphacoders / 651796



Deixe seu comentário