publicidade

Um método de estudo baseado nos quatro pilares dos estudantes de excelência:

No artigo de hoje eu vou contar como eu estruturei um método de estudo baseado nos quatro pilares dos estudantes de excelência: o Método Estudo Efetivo.

Nos dois artigos anteriores eu contei como a modelagem dos estudantes de excelência mudou a minha vida na universidade. Também contei que a aprendizagem permanente é um pré-requisito fundamental para aplicação posterior de qualquer método ou técnica de estudo.



Quero deixar aqui minha homenagem a todos os autores que em suas obras citaram, mesmo que desconexamente, esses quatro pilares dos estudantes de sucesso. Em especial ao professor Pierluigi Piazzi, que na década de 1970, fundou o primeiro cursinho brasileiro que de fato preparava os alunos para o vestibular. O professor Pier escreveu quatro livros sobre a aprendizagem e no primeiro deles, Aprendendo Inteligência, menciona os quatro pilares em momentos distintos do texto. Eu conheci sua obra no período do meu doutorado e a utilizei, dentre outras, como uma das referências para o desenvolvimento de um novo método de estudo, chamado Estudo Efetivo.

Por outro lado, ao me aprofundar nos estudos sobre neurociência, percebi claramente que esses quatro pilares, que chamei de os quatro segredos, estão alinhados com o modo natural para aprender e que o nosso cérebro utiliza como via mais direta.

A partir de então, linhas distintas de conhecimento que trafegavam pela minha mente começaram a se unir, dando início a um novo tecido para o aprendizado eficiente.

Considero importante salientar que todas as técnicas mais avançadas de estudo e aprendizagem funcionam. Entretanto, ao observar em minhas aulas como centenas e centenas de alunos estudam e aprendem tive a constatação experimental de que uma base para aprender estava faltando para muitos. Fato que eu também havia experimentado no meu primeiro ano da graduação. Sem essa base para aprender a efetividade de qualquer outra técnica fica prejudicada.


Talvez seja mais fácil entendermos com um exemplo: considere uma mesa de quatro pés bem estabilizada em um piso firme que utilizamos todos os dias, para fazer refeições ou mesmo estudar. Imagine agora se retirar um dos pés dessa mesa. Até dá para usar improvisadamente com três pés.

Contudo, para que um tripé se estabilize é necessária uma simetria entre os três pontos de apoio, ou seja, devemos ajustar a atuação de cada um deles para que a mesa continue estável. Imagine agora se a mesa ficar somente com dois pés, será impossível sustentá-la somente com esses dois pontos de apoio, não é fato?

Agora eu lhe pergunto: é possível colocar novos objetos em uma mesa instável?


Essa inversão é o grande diferencial do Método Estudo Efetivo: primeiro, constrói-se uma base firme e estável, com quatro pilares, que proporcionam o aprendizado permanente, depois agrega-se técnicas e métodos para melhorar o aprendizado.

No próximo artigo trataremos primeiro mito sobre a aprendizagem, que impede a maioria de avançar nos estudos, na carreira e na vida.

 

____________

Direitos autorais da imagem de capa: rawpixel / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.