Reflexão

Uma criança dificilmente se curará de uma infância ruim. As cicatrizes serão eternas!

uma criança dificilmente se curará de uma infância ruim As cicatrizes serão eternas

As crianças carregam consigo todos os traumas de uma infância ruim, e isso lhes traz sérias consequências. Entenda!



A infância é um período fundamental da vida, nela construímos os nossos primeiros e mais importantes laços, aqueles estabelecidos com o pai e a mãe, que nos orientarão e transmitirão valores que seguiremos por toda a vida.

Tudo aquilo que vivemos na infância nos marca profundamente, ainda que não sejamos capazes de perceber à primeira vista, e determina nossos comportamentos futuramente e quais direções daremos às nossas vidas.

Uma criança que é desejada, amada e compreendida desde os seus primeiros dias cresce com a segurança de que é capaz de conquistar seus objetivos e ser feliz e realizada no caminho que desejar seguir.


Ela tem um bom relacionamento consigo mesma, pois desde cedo aprendeu a amar e aceitar-se, e sabe que, mesmo em seus momentos de falha, não estará sozinha, pois poderá contar com o amparo e o amor de sua família, que sempre esteve com os braços abertos para acolhê-la, quando ela mais precisou.

No entanto, para aquelas que vivem experiências traumáticas e que são negligenciadas por aqueles que deveriam lhes oferecer amor e estabilidade, a realidade é bem diferente.

As consequências da falta de atenção, cuidado e orientação na infância são sérias e nos acompanham por toda a vida. Pesquisadores do Reino Unido e da Alemanha fizeram uma análise de como se comporta o cérebro adulto das crianças que sofreram privações na infância, e os resultados são alarmantes.

Eles estudaram dados de ressonância magnética coletados de jovens adultos expostos à privação severa na primeira infância em orfanatos e que depois foram adotados.


As conclusões de sua pesquisa mostram fortes evidências de que a falta de vínculo familiar nos primeiros anos de vida está relacionada a alterações na estrutura do cérebro adulto, além de taxas mais altas de transtornos do neurodesenvolvimento e mentais, na idade adulta.

Dentro ou fora de uma família, a falta de afeto, amor e carinho é muito prejudicial para os pequenos, e pode fazer com que cresçam com muitas questões internas não respondidas, com as quais precisarão lidar futuramente, para que não continuem sabotando sua felicidade e sucesso.

Criar uma criança vai muito além do compromisso financeiro, pois ela não precisa apenas de comida e roupas, mas também de atenção, reconhecimento e comprometimento emocional.

Portanto, pense muito bem antes de ter um filho e crie-o da melhor maneira possível, para que ele tenha memórias boas para guardar, não traumas para superar.


Comediante Davi Mateus anuncia que está com câncer: “Me ajudem em oração!”

Artigo Anterior

Messi fornece café da manhã a 15 mil crianças de Moçambique todos os dias!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.