publicidade

Uma graciosa maneira de lidar com a incerteza e os desafios…

Há uma maneira de ver o mundo em preto e branco. E há uma maneira de ver o mundo em todas as suas cores brilhantes.

Somos programados para ambas as maneiras. Mas a primeira é muito mais rápida, porque existe há muito mais tempo. Ela busca o que é brilhante e prazeroso. E se afasta da incerteza e dos desafios porque não pode tolerar a dor de não saber.



Esta programação nem sempre nos faz bem. O desconhecido é o lar do mistério. A dor nos apresenta a forças desconhecidas. E nossos desafios nos ensinam mais sobre a vida do que muitos momentos gloriosos. Na escuridão do desconhecido, criamos sentido para nossas vidas e expandimos nossos quadros mentais para mantermos mais de uma perspectiva por vez.

Do abismo profundo, emergimos transformados – mesmo que não vitoriosos, como um eu mais esperançoso, resiliente e adaptável.

E, no entanto, vivemos em um mundo que anestesia a dor e valoriza a certeza e a racionalidade. Somos recompensados ​​por sucessos, ensinados a rever os resultados e a sermos seduzidos pela promessa de pequenos extras em todos os lugares aos quais nos voltamos.

A capacidade de permanecer aberto através da dor, confusão, desafios e incerteza sem sucumbir ao desejo de escapar é uma arte quase perdida.

Descobri que cultivar graça – uma qualidade que o neuropsicólogo Rick Hanson chama de “equanimidade” – é o que nos permite fazer isso. Ao contrário da calma, que resulta da ativação do sistema nervoso parassimpático, a equanimidade é uma amplitude onde graciosamente guardamos espaço para os centros de medo da amígdala, enquanto permanecemos ancorados na sabedoria do córtex superior. E é nesse espaço que a magia começa a acontecer.



Da próxima vez que as coisas não seguirem o seu caminho, siga estas 5 etapas para criar seu caminho com facilidade:

1. Conheça a sua versão ideal

Muitos de nós buscam controle quando a vida nos pega desprevenidos. Às vezes, reagimos de maneiras das quais não nos orgulhamos, e às vezes tentamos controlar o que é melhor deixar para lá. Tenha clareza sobre a aparência da sua versão ideal, assim será mais fácil responder com agilidade emocional, ao invés de ficar preso em uma armadilha emocional.


2. Reduza seu tempo de recuperação

Todos cometemos erros ao reagir impulsivamente a situações negativas. E, então, nós nos abatemos, espalhamos a culpa ou renunciamos completamente à esperança. Descobri que ir muito bem na vida é muitas vezes sobre perguntar a si mesmo: “O que meu eu ideal faria agora?”



3.Manter hábitos positivos

Às vezes, a incerteza ou os desafios podem permanecer por um tempo, e podemos sentir que estamos sob uma nuvem, incapazes de ver o que está além ou qual caminho estamos seguindo. O que ajuda a manter a confiança de que tudo ficará bem é mantermos nossos níveis de positividade elevados. Isso significa continuar com os hábitos que nos fazem sentir bem, porque muitas vezes nos esquecemos deles em momentos estressantes.


4. Procure o Crescimento

Há uma bela citação do poeta Rumi que diz: “É através da ferida que a luz entra em você”. Estudos na área do crescimento pós-traumático mostram que é através dos momentos mais difíceis que experimentamos explosões de crescimento que mudam nossa relação com a vida. Pequenos desafios ajudam a construir resiliência, de modo que, quando a vida lançar suas dificuldades inevitáveis, estaremos abertos. Através de suas lutas, grandes ou pequenas, pergunte-se: “Qual é o crescimento disponível para mim?”


5. Incorpore a graça

Nossa obsessão por raciocínio mental muitas vezes nos cega ao papel do corpo de mudar nossos sentimentos. E, no entanto, há uma interação constante entre a mente e o corpo que você pode testar, simplesmente, sentando em sua cadeira e esticando os ombros agora mesmo. Quão gracioso você sente? Essa postura não o ajudaria a permanecer forte através de seus desafios?

A graça é fundamental para a nossa experiência de vida. Ela nos ajuda a apreciar todos os tons e sombras da vida e amplia nossa sensibilidade para aceitarmos mais de nós mesmos.

Escrito por Homaira Kabir

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: My Happi Fy

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.