Desenvolvimento PessoalO SegredoVida Plena

Uma meditação de 3 passos para ativar seu terceiro olho

Quer ativar o seu terceiro olho?



Bem, ele já está completamente ativo – é colocar esse entendimento na prática que faz toda a diferença. O que é o terceiro olho? É um órgão, uma representação e uma energia. O poder que ele detém existe em sua consciência dele. Nós todos somos intrinsecamente físicos, e o montante que praticamos no nível físico determina a quantidade de informações que recebemos.

O pleno potencial da glândula pineal não é suprimido apenas por causa de flúor ou falta de yoga, mas por causa de nossa falta de consciência em direção a ela. Podemos meditar, comer de forma saudável e estudar sobre a consciência para expandi-la, mas quando isso não é aplicado à vida diária; é um trabalho inútil.

Quando combinamos meditação, mindfulness e a prática ativa de crescermos através de nossas interações com os outros, estamos ativando o nosso terceiro olho. Ele existe no ato de nos envolvermos com a nossa realidade.


Esta meditação é o primeiro passo para ativar o seu terceiro olho. Esta ativação, na verdade, já está acontecendo e nunca vai parar de se expandir. Quando entendemos que as coisas sutis, como sentimentos, intuição e conhecimento interior é “ser psíquico”, então podemos usar esse conhecimento para acelerar o processo.

Passo 1 – Relaxe

Comece esta meditação como você faria todas as outras: em uma sala silenciosa, onde você pode estar sozinho e confortável durante até uma hora.

Sente-se ou deite-se na cama e comece a se concentrar na sua respiração. O processo de aquietar sua mente varia de acordo com o seu nível de concentração. Preencha a lacuna entre a respiração; crie um fluxo contínuo de respiração dentro e para fora.


Desacelere; concentre-se na escuridão que seus olhos fechados veem. Levante os olhos para se concentrar no que está acima, no centro de sua testa.

Não o force, isso não deve provocar tensão. Quando os pensamentos vêm, observe-os de forma objetiva e descarte-os, concentrando-se em sua respiração. Mantenha o foco no meio de sua testa, enquanto relaxa em si mesmo.


Passo 2 – Concentre-se em uma questão


Medite sobre uma questão específica.

Habilidade psíquica vem de ser capaz de ler os sentimentos de outras pessoas – porque são também seus. É ser capaz de tocar em como as pessoas se sentem, porque você empaticamente pode sentir o mesmo. Não é algo que vem para você – sim algo que mescla com sua consciência. As melhores situações para a prática de habilidade psíquica são nas interações com outras pessoas.

Então é quando você troca de energia através do formulário de palavras, pensamentos e sentimentos. Esse conhecimento interior vem de confiar em si mesmo não apenas porque você pode, mas porque faz o trabalho de ver a verdade. Medite sobre algo que você gostaria de melhorar, faça perguntas sobre como fazê-lo melhor.

Faça perguntas sobre por que você fere os sentimentos das pessoas, faça perguntas sobre por que as pessoas reagem a você da maneira que reagem. Pergunte sobre por que você trata as pessoas dessa forma, pergunte por que certas coisas te incomodam e foque-se sobre o porquê. Mantenha o foco sobre o porquê e siga essa pergunta com mais perguntas.


Fazer perguntas traz mais perguntas, o que é a consciência em expansão crescimento. Siga os padrões de pensamentos que surgem, perguntando por que, para chegar ao núcleo. Você já tem as respostas, apenas ouça-as profundamente.


Passo 3 – Veja os Padrões de Realidade

Seja o exemplo vivo para a mudança. Seja aquele que vê a verdade e realmente muda o seu comportamento baseado nela. Muitos afirmam ver a verdade em uma situação, mas suas ações não correspondem. Se você sentir que alguém é sensível, ajuste-se a isso. Se você perceber algo que precisa ser feito, seja o único a fazê-lo.


Ser psíquico é ser responsável – literalmente, ter a capacidade de responder. Você não pode receber altos níveis de informação, se não consegue lidar com elas nem processá-las. Pratique ser psíquico por ver as coisas “que podem cair do balcão” e movendo-se até ele antes que isso aconteça. Pratique ser psíquico por entender de onde alguém está vindo emocionalmente e mudando sua atitude para ser mais aberto. Ser psíquico é ver além.

Você não precisa ver espíritos, energia ou qualquer coisa metafísica para “ser psíquico”. É ver. Ver padrões. Ver o que precisa ser feito, ver de onde alguém está vindo, ver como você pode ajudar as pessoas através do engajamento ativo. Quando você perceber esses padrões o suficiente, poderá começar a juntar as peças e, em seguida, ser capaz de ver antes do tempo.

Através da experiência de observação cuidadosa, você se torna psíquico em ver os padrões da realidade. O seu processo de compreensão acelera, sua consciência se expande e você pode se concentrar em mais informações ao mesmo tempo. Ser psíquico é compreender as conexões dentro do padrão de vida.

 


___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Spirit Science


Tenho a idade necessária para perder o medo e fazer o que sinto

Artigo Anterior

Desisti de bater na mesma tecla!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.