publicidade

Uma nova maneira de amar – vivendo um relacionamento consciente:

Um número impressionante de pessoas diz atualmente que são infelizes em seus casamentos e relacionamentos. De acordo com uma pesquisa, 6 de cada 10 pessoas que foram questionadas se estavam felizes em seu relacionamento, disseram “não”.



Assim como com qualquer outra coisa na vida, quando as normas tradicionais se quebram, algo novo toma seu lugar.

No caso do relacionamento, a nova tendência emergente é o Relacionamento Consciente, o que pode ser algo interessante para investir um certo esforço. “Trabalhar” no relacionamento.

Muitas vezes, já que as relações tradicionais são projetadas para gratificação pessoal, o foco torna-se então, “trabalhar” em manter o relacionamento em andamento.

O “trabalho” que deve ser feito, geralmente, é uma questão de um dos parceiros mudar para apaziguar o outro.


Ao longo do tempo, perdemos o senso de quem somos por causa de quem precisamos nos tornar para manter a relação. Então, você faz todas essas mudanças para manter o relacionamento em andamento, apenas para descobrir que, uma vez que você estabeleceu o compromisso, você se tornou uma pessoa completamente diferente no processo – alguém que você pode não querer ser.

Ênfase no conforto

Nos relacionamentos tradicionais, nós nos preocupamos muito com agradar o nosso parceiro e tendemos a nos sufocar. Isso inclui tudo, desde sonhos de vida até hábitos diários. Nós sentimos que não podemos expressar nossos sentimentos, desejos e aspirações para o nosso parceiro, por medo de julgamento. O mesmo pode ser dito sobre falar de nossos passados, medos e apreensões. Todos nós ficamos feridos em algum momento, e todos nós temos nossos problemas. Os compromissos que muitas vezes temos que fazer para manter um relacionamento tradicional implicam em compromissos para nós mesmos.


Concentrar-se no resultado

As relações tradicionais tendem a ser tudo sobre o movimento do relacionamento em uma certa direção. Quando você trata uma relação como se houvesse um destino em mente, o que você faz quando chegar lá? É por isso que alguns casamentos falham. As pessoas trabalham para chegar ao ponto em que se casam e, uma vez que estão lá, não há mais nada a fazer.



Mantendo um relacionamento “consciente”

Em um relacionamento consciente, o foco é o crescimento – físico, mental, espiritual. Você deve abandonar o seu conceito de “zona de conforto”. As pessoas pensam que um relacionamento deve sempre ser harmonioso e assim, no primeiro sinal de problemas, assumem, automaticamente, que algo está terrivelmente errado. O crescimento não é um processo fácil, mas quando você tem duas pessoas dedicadas a isso, torna-se um esforço de equipe, em vez de uma luta constante para descobrir quem você é.

Você deve esquecer essa crença de que expressar quem você é colocará seus relacionamentos em perigo e o medo de ser julgado por seu parceiro.

Em um relacionamento consciente, quem você é e o que quer é o ponto principal. Para essa relação consciente, o amor não é o destino final, é o combustível para a viagem.

À medida que duas pessoas avançam junto com o senso comum do que estão fazendo, enquanto procuram ser 100% elas mesmas, encontrarão o amor de maneiras que nunca souberam antes.

____________

Direitos autorais da imagem de capa: tomwang / 123RF Imagens

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: I Heart Intelligence

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.