Reflexão

Uma pessoa indecisa em relação a você já decidiu que não te quer, só não sabe como falar!

Capa Uma pessoa indecisa em relacao a voce ja decidiu que nao te quer so nao sabe como falar
Comente!

O amor pode sim nos deixar dúvidas, mas quando alguém quer estar com você, ela escolhe permanecer ao seu lado.

Precisamos o quanto antes desmistificar algumas questões sobre a ideia de amor. Desde muito jovens, somos ensinados que existia apenas uma forma muito limitada de nos relacionar, que até pouco tempo apagava completamente a vivência de pessoas que não se identificavam com o espectro da heterossexualidade.

Vários padrões equivocados sobre relações foram passados adiante por séculos, como a supervalorização da aparência de um parceiro – como se apenas pessoas de certo tipo estético fossem dignas de amor –, marcos na vida a dois que seriam indispensáveis, como casamento e filhos e, a que pode ser a mais incorreta das ideias: você terá certeza quando for o amor certo.

A verdade é que, mesmo na melhor das relações, existem dúvidas. Momentos que podem até mesmo ser fruto de uma autossabotagem ou interferência de terceiros na vida do casal, mas é importante salientar que nem sempre você terá certeza sobre uma relação, por mais que ame seu parceiro.

O amor na prática não se assemelha tanto a essa ideia de uma força etérea que atrai as pessoas a seus pares ideais. Almas gêmeas não são encontradas, são feitas! Cada dia junto de alguém é mais um dia para seguir na eterna construção do seu amor. O “feliz para sempre” não é o fim da história, na verdade, é apenas o começo!

É claro que desaprender esses conceitos não é algo que conseguiremos, coletivamente, de uma hora para outra. Da mesma forma que foram anos reforçando essas ideias para sedimentá-las, será preciso muito tempo para termos uma visão mais “pé no chão” do amor.

Mas é importante salientar que algumas fantasias do amor romântico como conhecemos hoje podem ser mantidas. Se não fere a ninguém, não há por que se desprender de algo que pode ser agradável.

Gestos românticos – mandar flores, fazer declarações em público, demonstrações de afeto etc. – e ideais tidos como mais tradicionais, como casamento e filhos, são válidos para qualquer um, desde que se lembre de que a sua versão de romance acontecerá na vida real, sem roteiros.

Outro ponto interessante é a forte crença de que o amor está por aí, em algum lugar, por isso não há por que perder tempo onde você não se sente amada.

Sim, o amor tem dúvidas, mas quando o coração de alguém tem ao menos a certeza de que lhe quer por perto, as vozes da hesitação se calam e o casal parte para mais um dia de construção do castelo do seu afeto.

Aquele velho clichê de “quem te quer na sua vida encontra um espaço para você nela” é fruto da cultura do amor idealizado, mas ao menos nos dá força para fazer algo que é muito mais difícil do que se imagina: levantar e ir embora, mesmo quando ainda se ama muito a outra pessoa.

Como a célebre cantora e pianista de jazz Nina Simone disse uma vez: “É preciso aprender a se levantar da mesa quando o amor não estiver mais sendo servido”. E se as dúvidas de seu ou sua amada não se calam na presença do seu amor, é possível que tenha chegado a hora de ir embora.

É mais fácil falar do que fazer, mas nessas horas podemos nos inspirar nas mocinhas românticas que, mesmo com o coração em frangalhos, juntavam forças para partir de onde sentia que não existia mais amor.

É preciso seguir acreditando que você merece o mais belo amor, seja ele na forma que for, pois embora nem sempre seja possível sentir quando estamos com a pessoa certa, nosso peito sempre exclama quando estamos com a errada.

Em uma relação com uma pessoa indecisa sobre você, seja forte para tomar a decisão certa de ir em busca de algo – e alguém – que seja melhor para você.

Comente!

Você jamais conseguirá tirar as mulheres destes 4 signos do sério. São as mais equilibradas!

Artigo Anterior

Filho de boxeador Popó Freitas se declara para o namorado: “Amor da minha vida todinha”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.