Uma pessoa madura busca soluções, não culpados



Conforme crescemos e nos tornamos adultos, passamos a ser os responsáveis por nossas próprias vidas, lidando com as consequências de nossas escolhas e decidindo, por conta própria, qual caminho seguir. No entanto, além desse tipo de responsabilidade, também precisamos desenvolver a responsabilidade emocional, que se refere a como lidamos com nossos sentimentos e os conflitos da vida, de uma maneira que não nos atrapalhe.

Umas das áreas que envolve mais responsabilidade na vida adulta é a relacionada aos erros. Todos nos equivocamos, vez ou outra, e acabamos por prejudicar a nós e àqueles que amamos com nossas atitudes. Isso é inevitável.

No entanto, parte de ser um adulto maduro é não fugir da própria culpa, buscando culpados. Adultos de verdade assumem que erraram e procuram soluções eficazes para suas atitudes.

Claro, não é fácil admitirmos que fizemos algo ruim e causamos sofrimento a outras pessoas, mas não podemos deixar que nossa mente nos convença a buscar culpados aleatoriamente.

Quando culpamos alguém por nossas próprias atitudes, fazemos com que esse alguém sofra consequências de atos que não cometeram. Emanamos ao Universo energias negativas de irresponsabilidade e injustiça, e acabamos por colher esses mesmos sentimentos em nossas vidas mais para frente.

Fazer mal aos outros é fazer mal para nós mesmos, porque tudo neste mundo está conectado e todas as nossas ações são refletidas para nós mais cedo ou mais tarde.

Portanto, ao invés de procurarmos culpados por nossos erros, há algo muito mais produtivo que podemos fazer: buscar maneiras de corrigir as falhas e mudar o curso das coisas. Focando nas soluções, nós nos responsabilizamos por nossas atitudes e mostramos que estamos dispostos a fazer as coisas acontecerem da maneira correta.



Os erros são parte da nossa experiência humana, não devemos nos martirizar a cada vez que falhamos. Reconhecer a falha e trabalhar para não voltar a repeti-la é o suficiente.

Somos seres imperfeitos e nunca deixaremos de errar, mas enquanto permanecermos honestos, estaremos no caminho certo.

Quando culpamos o outro ou a nós mesmos, apenas atrasamos nossa própria evolução e busca por uma vida mais feliz e significativa, porque nossas mentes ficam cheias de pensamentos negativos que nos impedem de avançar.

No entanto, quando aprendemos a nos desculpar e entendemos que merecemos uma nova chance de agir melhor, ficamos mais leves e nos concentramos apenas no que importa: sermos uma melhor versão de nós mesmos a cada dia.

Os erros sempre estarão presentes, mas enquanto focarmos em encontrar soluções, ao invés de culpados, agiremos como verdadeiros adultos, e atrairemos para nossas vidas apenas motivos para nos orgulharmos de nós mesmos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/Imagens.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.