Uma pitada de empatia faz bem!



Vivemos tempos de poucos amores e a qualquer receita básica de convivência deveria ser acrescentada uma bela dose de empatia

Por que é tão difícil sentir e se colocar no lugar do outro? Por que tratar o outro de forma tão complexa?

Empatia é um segredo, é uma fórmula mágica que faz com que nos respeitemos de forma verdadeiramente humana.

Pegue e misture bem com os demais sentimentos leves que carrega consigo. Tenha paciência até o momento certo chegar.

Olhe para quem está ao seu lado, esteja ele vivendo uma situação perturbadora ou não, compartilhe os momentos, as palavras, o olhar. Já dizia a frase de uma bela canção: “Alguém lhe perguntou como foi seu dia?”. Sirva um generoso momento de sensibilidade.

Realmente, quando alguém chega com toda essa sutileza, não parece que se fica anestesiado de infinitos sentimentos bons?  

São tempos conturbados, corridos, preocupantes, diria até problemáticos? Sim, talvez você se encontre nesse estado de espírito e preocupação nesse momento, mas pare, reflita, repense: doar-se para conquistar um equilíbrio e boas energias não vai custar mais do que uma paz, talvez você até se sinta mais leve, por que não?

Vai dizer que quando percebe a gratidão do outro, uma alegria no olhar, que isso não o toca lá no fundo da alma? Certamente as outras pessoas vão desejar essa “receita”.



Se é tão raro viver esperando por boas notícias, podemos simplesmente torná-las possíveis.

Somos seres humanos, capazes de agir de forma não somente generosa, mas realmente empática. A dor muitas vezes é um processo natural, mas o amor pode reconstruir qualquer coisa.

Acorde, levante hoje com alegria, faça algo sutil por alguém e a recompensa de você consigo mesmo não terá preço.

Para você, só desejo um caminhar leve e que se permita arriscar um olhar para si e para o outro, sem julgamento, apenas com o coração.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF / grkistock.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.