Notícias

“Vaca magra” é instalada em frente à Bolsa de Valores, no Centro de SP

vaca magra

A escultura de uma vaca magra amarela foi instalada em frente ao prédio da Bolsa de Valores, no Centro de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (9).

A obra faz parte de uma intervenção de cunho social desenvolvida pela artista cearense Márcia Pinheiro. Em sua conta nas redes sociais, ela postou uma foto com os dizeres: “É hoje. Chegando”.

Por volta das 11h, porém, um produtor responsável pela intervenção levou a escultura embora antes que ela fosse apreendida pela polícia.

A ação, chamada “vacas magras”, já foi realizada em outras cidades, como Fortaleza, onde a escultura, pintada de branco, foi colocada em frente à sede da Secretaria de Educação do Ceará.

Na capital paulista, a escultura amarela foi colocada no mesmo local onde, no início do mês passado, tinha sido instalado um ‘Touro de Ouro’, que foi retirado pela Prefeitura após multa por falta de licença.


Alvo de protestos, a estátua do Touro de Ouro violou Lei Cidade Limpa e não tinha autorização da Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU) para ser instalada, como revelou.

Durante o período em que ficou no local, grupos realizaram protestos contra a fome e a desigualdade social.

Após a retirada, a Subprefeitura da Sé multou em R$ 38 mil a empresa DMAIS Arquitetura e Construção, responsável pela implantação do touro. O arquiteto responsável pelo projeto do monumento pediu que a decisão da comissão seja reavaliada.

A multa foi recomendada pela própria CPPU, que deliberou que os responsáveis pela obra deveriam ter submetido a estátua ao colegiado com 30 dias de antecedência da instalação, como manda a legislação urbana da cidade.

Curta-metragem de 6 minutos prova que anjos existem

Artigo Anterior

Doações a menino do RS que pediu carne em carta ao Papai Noel ultrapassam R$ 20 mil e família faz churrasco: “matei a saudade”

Próximo artigo