Vai ficar tudo bem. Confie em Deus, trate-se com dignidade, cuide-se com amor



Vai ficar tudo bem. Sei que aí dentro você conseguirá se encontrar com Deus e sentir as suas vibrações de amor.

Respire, esqueça os problemas lá fora. Você precisa se concentrar e se redirecionar ao lugar mais tranquilo e seguro em que possa sentir confiança e serenidade.

Se quiser, volte aos tempos de infância, volte aos tempos em que colo de mãe é coisa sagrada e abraço afetuoso, sinônimo de paz.

Acomode-se neste lugar sem que sofra interrupções, acomode-se em seus sentimentos e não planeje nada, não espere nada e nem tranque seu espaço etéreo, físico, vivente.

É preciso libertar a alma das prisões internas, é preciso unir sua existência ao Divino.

Esse instante precisa ser seu, precisa envolver todo o seu ser. Talvez você perca a concentração por alguns instantes, distraia-se, retornando àquele emaranhado de dúvidas e problemas que lhe trazem, por vezes, insônia, incômodo, desinteresse e a sensação de vazio ou culpa.

Esqueça a culpa, esqueça os medos, esqueça tudo que estiver à sua volta e volte-se para si mesmo. Você é o foco, é o ponto de equilíbrio.

Por vezes, você se sentirá em uma balança e muitas vezes penderá para os dois lados sem saber o que fazer.

Você pode, você consegue, através da sua força interior, dedicar-se mais ao seu caminho de cura e elevação espiritual, você conseguirá as respostas, se prestar mais atenção ao que a vida lhe mostra e o que Deus envia.

Muitas vezes haverá trâmites, coisas que parecerão burocráticas no peito. Mas só você tem o consentimento dentro de si de resolver todas essas pendências emocionais.

Se sentir raiva, liberte-a; se sentir mágoa, envie-a ao universo; se sentir angústia, clame por Deus! Respeite seus limites, vá mais devagar, pise onde consegue e não se torture!



Perdoe e agradeça por todos os dias receber o cuidado DELE.

Às vezes, as nuvens se mantêm cinza; às vezes, o dia nem sempre concilia coisas boas; às vezes, o sol parece se pôr antes de hora.

Tudo tem sua hora, basta que você não transforme a tela da sua vida em algo sem cor, sem luz, sem felicidade.

Alinhe-se, cuide de cada parte do seu corpo com carinho; e se se sentir perdido, volte para o abrigo de sua memória mais afetiva que lhe trouxe compreensão e amor.

Você não está só, nunca estará. Ouça sempre a voz da intuição, ouça sempre seu o lado mais fraterno e acolhedor.

Não se alie jamais aos sentimentos de vingança, desprezo e desrespeito.

Se quer uma casa bem habitada e bem limpa, purifique-se.

Trate o próximo e a si com dignidade. Cuide-se bem.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.