Vai passar. Um dia, acredite, tudo isso fará sentido para você

Vai passar. Um dia, tudo fará sentido. Mais perto do que você imagina, ainda melhor do que você sonhou. Eu lhe prometo.

Um dia você vai ver o quanto tudo o que já lhe aconteceu na vida teve um motivo e uma razão para ser exatamente do jeitinho que aconteceu. E vai perceber o quanto você sempre foi muito mais forte e mais capaz do que imaginava, apesar dos pesares todos, dos tombos, das quedas, das dores, das cicatrizes, dos outros, de tudo.

Um dia todo aquele sacrifício, todas as lágrimas, todas as vezes em que você achou que não daria mais conta mesmo, que não tinha mais jeito, que morreria de medo, que pensou em entregar os pontos e desistir… vai passar. Um dia, acredite, vai passar.

Todo esse peso sobre os seus ombros, todas as horas de dúvidas, incertezas e desespero, tudo o que hoje lhe trava o riso e que o impede de acreditar que o impossível é só uma questão de ponto de vista.

Vai passar. Um dia, você vai ver, vai passar.

Todas as críticas, todos os julgamentos, todas as vezes em que você se sentiu pequeno demais para se encaixar no tamanho das expectativas de alguém, ou que teve que se encolher inteiro para caber em visões de mundo estreitas demais para a grandeza da sua verdade. Um dia, você vai ver, vai passar.

Toda aquela falta de confiança em si mesmo, nas pessoas, no mundo, toda aquela vontade imensa de não ter mais que fingir que está tudo bem quando na realidade não está, todo aquele vazio por algo que você nem sabe exatamente se vai preenchê-lo de verdade, mas que dói só de sentir, todas as perguntas não respondidas, as respostas atravessadas, a autoestima lá no pé, o reflexo no espelho lhe dizendo o quanto você não é nada daquilo o que efetivamente gostaria de ser, como se todo o valor da sua essência estivesse ali, refletido na aparência, nos rótulos, nos padrões, nos conceitos, nos preconceitos, em tudo o que cada vez mais insiste em nos definir pelo que temos, não pelo que realmente somos.

Um dia, você vai ver, vai passar.

Todo aquele desânimo que não o deixa mais dar o passo, toda aquela vontade de já não fazer absolutamente nada, por medo de um novo fracasso, todos os olhares atravessados, os sorrisos disfarçados, tudo o que você ouviu daqui e dali e que o desmotivou ou que o feriu, tudo o que você não queria mais ter que lidar agora, tudo o que vem lhe roubando o sono, a paz, a energia, a alegria, a vontade de simplesmente seguir, tudo o que já não tem mais espaço na sua vida, que o faz perder a fé na sua própria capacidade de fazer o que tem que ser feito… Um dia, você vai ver, vai passar.

Um dia, acredite, tudo isso fará sentido para você. Mais perto do que você imagina, ainda melhor do que você sonhou. Eu lhe prometo.


Direitos autorais da imagem de capa: 123rf / loganban



Deixe seu comentário