publicidade

Vampiros energéticos existem e estão entre nós!

Sim meus caros amigos, vampiros existem e estão por toda parte!



Possivelmente você já se sentiu mal e quase sem forças ao estar em algum lugar muito movimentado, tais como um ônibus urbano, um metrô, um shopping, ou até mesmo em seu trabalho. Com certeza você conhece uma pessoa que o simples fato de você estar próximo (a) dela suas forças acabam, você se sente cansado (a), começa a bocejar incansavelmente e tem uma vontade imensa de simplesmente dormir e em alguns momentos até sumir do mundo.

Esses são alguns pequenos sinais de que você está sendo sugado (a) por alguns vampiros psíquicos que está passando por seu caminho. Os vampiros psíquicos também podem ser chamados e conhecidos por vampiros energéticos, e sim, eles são reais e são sim bem semelhantes inclusive com os vampiros da ficção, uma vez que eles sugam até a última “gota de energia” o (a) deixando cansado (a), desgastado (a), com fortes dores de cabeça (ou com a sensação de cabeça pesada), com dores pelo corpo inteiro e muita vontade de não fazer nada, simplesmente dormir o dia inteiro.

Muitos desses vampiros energéticos não sabem e não se dão conta dos estragos que estão fazendo na vida de outrem, uma vez que eles fazem isso de modo inconsciente.


Diante dessa realidade fatídica, segue abaixo alguns tipos de vampiros energéticos e algumas dicas de como se proteger deles (uma vez que não podemos andar por aí usando uma estaca de prata):


VAMPIRO CRÍTICO:

vampiros-energeticos-foto-02

Esse tipo de vampiro (todas as vezes que eu disser vampiro, leia-se vampira também) costuma se ver bastante no meio social. É aquele vampiro que vai questionar toda e qualquer ação que você fizer. As seguintes falas são comuns nesse tipo de vampiro: “Não acredito que você fez isso! ”. “Jura que você vai naquela festa usando essa roupa? ”. “Como você pôde tomar essa decisão? ”.  “Se eu fosse você teria tido outra atitude”. Sim meus caros e minhas caras, esse tipo de vampiro critica absolutamente tudo que você fizer ou disser, e você, em contrapartida, para não desagradá-lo, muitas vezes, acaba deixando que esse tipo de vampiro seja o juiz do seu momento. Humanamente, é natural que todo e qualquer tipo de julgamento ou crítica acaba nos deixando um tanto inseguros (as), sendo assim, nossa MAIOR ARMA contra esse tipo de vampiro é simplesmente tomar as rédeas de nossa própria vida, sendo assim, todas as vezes que se deparar com esse tipo de vampiro, não importa o que ele te disser, mostre a ele que você assume todas as suas decisões, afinal, errando ou acertando, a escolha final será sempre sua.



VAMPIRO “COBRADOR DE IMPOSTOS”:

Esse é o tipo de vampiro que traz antes de qualquer cumprimento a cobrança, é isso mesmo. Antes de dizer um “bom dia! Como vai você? ”, já chega cobrando coisas que nem mesmo você esperava ser cobrado (a). As seguintes cobranças são naturais para esse tipo de vampiro: “Poxa vida, você visualizou minhas mensagens e nem me respondeu? ”. “Fiquei aguardando a sua ligação e nada? ”. “Você nem para lembrar de mim heim? ”. E, infelizmente, se estivermos vulneráveis a esse tipo de cobrança, começaremos a nos desculpar até pelo que não fizemos e em pouco tempo estaremos sob o domínio desse vampiro que é, em muitos momentos, infalível. Quando menos esperar, estará na posição de devedor (a) e será justamente nesse momento que esse vampiro sugará toda sua energia, o(a) deixando sem forças, com fortes dores de cabeça e até mesmo podendo provocar tonturas. Diante disso nos cabe a pergunta: “Como se proteger desses vampiros então? ”. Eu digo pura e simplesmente, “REAJA! ”. Não permita ser cobrado (a), a sua melhor tática será enfrentá-lo de frente e dizer a verdade a todo custo, mesmo que essa verdade possa doer para ele no momento. Só assim conseguirá desarmá-lo.


VAMPIRO ADULADOR:

Esse tipo de vampiro é o aparentemente inofensivo, porém, será o que pode deixá-lo (a) “sangrando” até a “morte” e sem nenhum tipo de arrependimento.  No entanto, não é difícil identificá-lo, uma vez que é comum ele dizer comumente: “Amadinho (a)! Gratidão por você existir em minha vida! Você é uma das pessoas mais importantes em toda minha existência! ”. Cuidado com esse tipo de dizer logo nos primeiros encontros (seja de amigos, afetivo ou qualquer outra esfera), senão, quando menos esperar, lá vem uma “dentada” dura e fatal. Aí você questiona: “porque ele quer me enaltecer? ”. Justamente porque mexendo com a sua vaidade, poderá cegá-lo (a) diante das maldades que estão sendo feitas às escondidas. Sua melhor e maior ARMA será estar atento (a) a esses vampiros famintos.


VAMPIRO RECLAMÃO:

Esse vampiro dispensa muitas apresentações. É aquele que reclama de tudo, o tempo todo, e que quer você 100% disponível para ouvir a montanha de lixo tóxico que ele tem a dizer, e o pior, se você disser que precisa ir embora por qualquer motivo, ele vai logo lhe dizendo: “vai embora e vai me deixar aqui sozinho? ”. Cuidado! É assim que ele vai fazer com que você tenha pena dele, e, consequentemente, se sentindo responsável, é aí que você correrá o risco. Fique atento (a)!


VAMPIRO IMPOTENTE:

vampiros-energeticos-capa-e-foto-01

Esse vampiro nos dá a certeza de que nada vai dar certo. Ele já chega logo dizendo: “Eu não sou nada”. “Eu não sirvo pra nada”. “Na minha vida nada dá certo”. “Eu nunca vou conseguir ser feliz no amor”. “Eu nunca vou sair da pobreza”. E uma centena de frases que esse tipo de vampiro é expert em negativar tudo por onde passa. O que ele quer é que você tente ajudá-lo a se levantar, a sair desse marasmo, e é justamente nesse ponto que ele, por mero prazer de sugar suas energias vai lhe mostrar o quão você é impotente diante das fraquezas que ele te apresenta. A sua melhor postura é confrontá-lo, dizendo algo parecido com: “Não posso te ajudar, você está dizendo tudo isso com tanta veemência que até parece que sente prazer em sofrer”. Não tenhas dúvida, isso fará com que a pessoa caia em si, vai perder o rumo, e, simplesmente não conseguirá sugar sua energia.


VAMPIRO FURACÃO:

Esse é aquele vampiro que é bem mimado e adora isso, uma vez que ele nunca faz nada por ele mesmo e sim, vai querer sempre que você faça tudo por ele. Caso você não faça, ele vai armar um escândalo, vai colocar tudo abaixo e ainda vai fazer com que você se sinta culpado (a) por não ter ajudado. Logo após você ajudá-lo, ele vai acalmar, no entanto, ele já terá passado, levando suas energias e quem acaba ficando ansioso (a) no final das contas será você mesmo (a). A melhor arma contra essa força fatal da natureza é: “Quanto mais longe estiver de um furacão, menores serão os danos”.


COMO LIDAR COM VAMPIROS PRÓXIMOS A NÓS?

Se essa pessoa for alguém próximo a você, tal como um (a) amigo (a), o (a) namorado (a), algum familiar, o melhor a ser feito é o diálogo verdadeiro, olho-no-olho, uma vez que a pessoa tem todo o direito de saber acerca dos comportamentos que ela está tendo. Sendo assim, poderá ajudá-la a compreender o que está ocorrendo, para assim, ela tomar uma atitude de mudar para melhor (ou não), cabendo a ela essa escolha.

No entanto, se você perceber que alguém lhe faz muito mal, o ideal é não se aproximar tanto e também não permitir que a pessoa se aproxime tanto de você, afinal, você tem o livre-arbítrio para escolher as pessoas que estão próximas a você, e mais ainda, você é responsável por tudo que permite que elas fazem com você!

Caso tenha identificado alguma característica de vampiros próximos a você, curtam e compartilhem com o máximo de pessoas, afinal, somente assim, poderemos ajudar a todos a se proteger desses seres que são reais e que estão entre nós!

 

Paz e luz!

Tarólogo Diego!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.