publicidade

Vampiros energéticos: saiba como se proteger de quem suga suas energias

O que são vampiros de energia? Conheça seus sintomas e descubra como se proteger deles.



Revelamos tudo sobre os vampiros de energia! O que são e como identificá-los? Descubra quais são os sintomas e o que você deve fazer para se proteger dele.

Toda a mitologia acerca dos vampiros já rendeu inúmeras histórias de ficção mundo afora. Algumas certamente aterrorizantes, com a ideia de seres sugando sangue humano para sobrevivência. Já outras, nem tanto.

Porém, trazendo um pouco disso tudo para o mundo real, você sabia da existência dos vampiros de energia? E, pior: eles podem estar bem mais próximos do que você imagina? No trabalho, em casa ou mesmo outras inúmeras pessoas ao seu redor… É preciso prestar atenção aos sinais.


Neste artigo, você vai descobrir:

  • O que são e tipos de vampiros de energia.
  • Como identificar vampiros energéticos e os sintomas.
  • Como se proteger com orações ou amuletos contra vampiros de energia.
  • Sem mais delongas, vamos começar!

O que são vampiros de energia?

Assim como os vampiros da ficção sugam o sangue das pessoas como forma de obter energia vital, podemos considerar os vampiros da realidade como aquelas “pessoas tóxicas” à sua volta. De uma forma ou de outra, intencionalmente ou não, elas igualmente sugam sua energia!

Também são conhecidos por outros nomes, como “vampiros energéticos” ou ainda “vampiros emocionais”. Na prática, podemos dizer que se tratam de termos para designar pessoas que consomem sua energia emocional e, consequentemente, drenam sua energia física.


Eles se aproveitam de você, seu grande coração e boa vontade de estar sempre por perto, de escutar e se importar com eles. Como resultado, você geralmente se sente exausta e sobrecarregada no dia a dia, porque tiraram toda a sua força e disposição. Além disso, em alguns casos, podem inclusive sugar sua energia espiritual.

As pessoas que apresentam sinais de que são vampiros de energia demonstram falta de empatia e consideração, além de alto grau de imaturidade emocional. Esses fatores fazem com que se tornem viciados em consumir a energia vital dos outros para compensar seu déficit energético e evitar o próprio sofrimento interno.

Em geral, os vampiros emocionais podem ser divididos em dois grupos: os que têm intenções malignas e os que simplesmente sugam suas energias de forma inconsciente.

Os mal-intencionados emitem própria energia ruim e pensamentos negativos, guardam rancor, cobiçam o que você tem ou até mesmo lhe desejam o puro mal.

Por outro lado, os que não estão conscientes do mal que fazem têm energia extremamente baixa por causa de seus problemas e infelicidade, então acabam se alimentando da vitalidade dos outros.

Colegas de trabalho, membros da família, amigos próximos e inclusive seu parceiro podem ser vampiros de energia, sem que você tenha notado ainda. Portanto, vamos conhecer alguns dos principais tipos agora!

Tipos de vampiros de energia 

Vítimas: são aqueles que não assumem as consequências de suas atitudes. Gostam de se fazer de vítima, serem os “coitadinhos” da história, culpando e manipulando outros para escapar da situação.


Narcisistas: não demonstram empatia ou interesse genuíno pelas outras pessoas. Sempre pensam em si mesmos em primeiro lugar e esperam que você os coloque à frente de você mesma.


Controladores: sentem-se superiores e procuram intimidar você para compensar a fraqueza de suas emoções internas. Na maioria das vezes, são pessoas racistas, sexistas e homofóbicas.


Julgadores ou críticos: com baixa autoestima, esses vampiros adoram julgar e tratar as pessoas com o mesmo desdém que têm por si mesmos. São “valentões” que atacam as suas inseguranças para fazer você se sentir inferior e envergonhada.


Dramáticos: costumam criar problemas onde não existem, apelando para o drama para esconder o vazio das próprias vidas. Estão sempre em busca de crises, pois se alimentam de emoções negativas, como a raiva e o medo.


Inocentes: embora sejam menos maléficos e, às vezes, realmente necessitem de ajuda, esses vampiros de energia também podem acabar se aproveitando de sua vitalidade, mesmo que sem intenção a princípio.


Aduladores: gostam de bajular as pessoas e puxar o saco com elogios falsos, com o propósito de seduzi-las para abrir portas para segundas intenções.

Aprender como identificar os vampiros sugadores de energia e quais sintomas revelam que um pode estar perto de você é fundamental para melhorar sua qualidade de vida.

Como identificar vampiros de energia? Quais são os sintomas? 

Por meio dos tipos de vampiros de energia listados logo acima, você já pode ter uma boa ideia de como identificá-los. No entanto, antes de entrar em mais detalhes para ajudar você, é preciso que saiba identificar os próprios sintomas que você tem a fim de compreender se há mesmo um por perto.

Os sintomas de haver um vampiro energético ao seu redor podem aparecer tanto naquele exato momento quanto depois que você chega em casa. Você provavelmente se sentirá:

  • Estressada e irritada, com pavio curto.
  • Exausta mental e fisicamente.
  • Ansiosa e sem ânimo para tarefas do dia a dia.
  • Sem confiança ou otimismo de um futuro melhor.
  • Com dores físicas (dor de cabeça, no estômago, no corpo em geral).
  • Com dificuldades de se relacionar e com muitas discórdias na família.

Os vampiros de energia no trabalho, por exemplo, deixam o ambiente muito mais pesado e de difícil convivência. Ao ter contato com esse tipo de profissional em seu emprego, são altas as chances de que você perca a motivação, autoestima e oportunidades de crescer e se desenvolver ali.

Como identificar pessoas que sugam sua energia?

  • São pessoas muito dramáticas.
  • Não assumem responsabilidade.
  • Só criticam, cobram e intimidam.
  • Fazem você se sentir culpado.
  • Dão ultimatos e fazem chantagem emocional.
  • São codependentes.
  • Apresentam elevados níveis de paranoia.
  • Têm ciúme demais.
  • Têm traços manipulativos.

Como se proteger contra vampiros de energia? 

Existem algumas coisas que você pode fazer para se proteger dos vampiros sugadores de energia humana. O primeiro passo já está bem encaminhado: saber da existência deles e como identificá-los para que você não os “alimente” mais.

Em segundo plano, é importante manter uma atitude positiva perante a vida. Assim como os vampiros fictícios, que só podem entrar na casa de alguém se forem convidados, os vampiros energéticos só farão mal a você caso os deixe entrar em sua vida.

Para aqueles que já fazem parte do seu convívio social, é preciso ter cautela. Algumas das sugestões para você lidar com os vampiros emocionais são:

  • Não leve em consideração o que dizem a você.
  • Evite fazer contato visual por muito tempo.
  • Desconsidere as críticas que fazem e aprenda a não reagir.
  • Estabeleça limites na relação.
  • Cerque-se de pessoas com vibrações positivas e que lhe fazem bem.
  • Lembre-se que o problema está nele, não em você.
  • Medite e visualize uma proteção espiritual ao seu redor.
  • Fortaleça a própria energia por meio do autoconhecimento.
  • Afaste-se e corte relações com essas pessoas. O seu bem-estar e sua felicidade importam muito mais!

O que achou dessas dicas? Agora você já pode viver melhor, longe dessas criaturas. Espalhe essas dicas por meio de suas redes sociais e ajude outras pessoas a terem vida mais saudável.

Este texto poderá beneficiar também os vampiros energéticos à sua volta a se reconhecerem como tais e a buscar ajuda para se livrar desse mal.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.