Relacionamentos

Veja as dez razões por que possivelmente os homens traem no relacionamento

Por que boa parte dos caras muda de ideia no meio do caminho e não mantém a palavra até o fim? Sim, muitos homens dizem que o envolvimento é só sexual, mas o fato é que o romance com outras mulheres fica claro mesmo depois de terem feito o voto de monogamia. Mas por que se comprometer em primeiro lugar se no fundo eles sabem que querem ser livres?



De acordo com a Psychology Today, os homens agem assim por uma variedade de razões psicológicas.

Veja a seguir as dez motivações principais reunidas pelo site:

1. Ele é um mentiroso.


Ele nunca quis ser monôgamo, apesar de seu compromisso. Ele não entende que seu voto de fidelidade é um sacrifício feito para e por seu relacionamento – e para a pessoa que ele professa amar. Este homem enxerga a monogamia como algo a ser trabalhado em vez de adotado.


2. Ele é inseguro.

No fundo, ele sente que é jovem demais, velho demais, gordo ou magro demais, pobre demais, idiota demais ou qualquer coisa demais para ser desejável. Ele utiliza o flerte, pornografia e sexo extraconjugal como uma forma de se sentir melhor sobre si mesmo, para se reafirmar que continua desejável, que vale a pena, e para se sentir bem o suficiente.



3. Ele é imaturo.

Ele acha que contanto que sua parceira não descubra a respeito, ele não está ferindo ninguém. Ele não compreende que as pessoas que nos importam (e se importam de verdade conosco) quase sempre sabem quando algo está rolando por trás das cortinas. Ele não se toca que a parceira eventualmente vai descobrir o que vem acontecendo, e quanto isso acontece, não vai ser nada legal.



4. Ele está machucado.

Talvez ele esteja respondendo a experiências traumáticas anteriores, como abandono, abuso físico ou sexual. Suas feridas o tornaram incapaz ou relutante de se envolver completamente num relacionamento com outra pessoa. Além disso, ele também pode buscar intensidade sexual fora do relacionamento como uma maneira de escapar de sua dor emocional ou psicológica.


5. Ele tem expectativas irreais.


Ele acredita que sua esposa deve atender a todas as suas necessidades sexuais e emocionais, 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem errar. Em sua perspectiva narcisista e autofocada, ele não compreende que a parceira pode estar fazendo malabarismos para atender a múltiplas prioridades (crianças, trabalho, casa, finanças) além de tê-lo num relacionamento. Quando ela inevitavelmente falha com ele (em sua visão), ele se sente no direito de buscar atenção íntima em outros lugares.


6. Ele está entediado, sobrecarregado de trabalho ou carente de reconhecimento.

Homens também sentem que merecem algo especial para eles mesmo de vez em quando. Só que no caso deles isso significa contratar prostitutas, assistir pornografia ou ter casos com outras pessoas. Ou talvez ele queira mais atenção da parceira, e pensa que um período de afastamento vai fazer com que ela obedeça.



7. Ele está confuso em relação ao amor.

Ele confunde aquela pressa da paixão com amor. Não compreende que em relacionamentos onde há amor verdadeiro, a atração inicial e visceral é gradualmente substituída por sentimentos mais doces de um laço de longa data, honestidade, compromisso e intimidade emocional.



8. Ele é viciado.

Talvez ele tenha problemas com álcool ou drogas que afetam sua tomada de decisões e o desencorajam. Ele também pode ter um problema com compulsividade sexual, o que significa que ele utiliza a atividade sexual como forma de se acalmar, escapar de emoções desconfortáveis, e se dissociar da dor proveniente de suas condições psicológicas.


9. Ele quer dar no pé.


Quer terminar tudo e está usando atividades românticas e sexuais externas para enviar “a mensagem” para sua companheira. Ou, se ele for um homem que não gosta de ficar sozinho, então encontrar uma pessoa nova e “melhor” para não sofrer tanto com a separação.


10. Carência de laços sólidos ou senso de comunidade

Tendo desvalorizado sua necessidade natural de manter amizades verdadeiras com outros homens, sua reação a uma companheira ocupada ou distraída é o mais prejudicial – já que ele espera que suas necessidades emocionais e físicas sejam atendidas por esta pessoa (leia-se: Mãe).


 

____

Fonte: Criativa Online

Veja o que “eu te amo” significa para homens e mulheres – sim, é diferente!

Artigo Anterior

O poder do sal grosso

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.