Comportamento

Vendedor de sopa, que chorou por ser ameaçado e humilhado, esgota estoque em 20 minutos!

Humilhado por um morador, o homem recebeu o apoio de grande parte do condomínio. Um caso de solidariedade!



Izael Menezes é um dos muitos brasileiros desempregados que têm conseguido sustentar a própria família com rendas alternativas. O homem, que vive em Salvador (BA), tem vendido sopas na frente de um condomínio da cidade, de segunda a sexta, a partir das 18h.

Conforme contado pelo G1, sempre que Izael chega ao local, com as comidas prontas, ele grita: “Olha a sopa!”, uma forma de anúncio bastante comum para vendedores ambulantes.

O homem tem conquistado o carinho e a empatia de muitos condôminos. Segundo Júlio David, um dos seus clientes, sua chegada ao condomínio sempre causa “comoção” e todos descem para comprar o seu produto.


Direitos autorais: arquivo pessoal.

No entanto, ainda que Izael tenha se mostrado bastante trabalhador, alcançando uma clientela fiel, nem todos os residentes do local se agradam com sua forma de trabalhar.

No último dia 16, o vendedor foi vítima de uma atitude extremamente desagradável. Um dos moradores do prédio, bastante estressado, apareceu na varanda do seu apartamento e mandou Izael parar de gritar ou ia “quebrar a cara” dele.

Segundo os vizinhos, a ameaça deixou o vendedor com muito medo, por isso ele foi embora, chorando. No entanto, a situação não ficou por isso mesmo. Júlio disse que todos se sensibilizaram com a realidade de Izael, que tem batalhado para trabalhar e cuidar da própria família, e decidiram ajudá-lo.


Os moradores se uniram e montaram um grupo em um aplicativo de mensagens para surpreender o vendedor de sopa. No dia seguinte, assim que chegou diante do condomínio, para vender o seu produto, Izael foi recebido com muitas palmas, além de gritos de “Olha a sopa!”

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Os moradores também fizeram questão de acabar com seu estoque de sopas. Em menos de 20 minutos, ele já não tinha mais produto para vender, e ainda recebeu doações pelo Pix.

A homenagem foi tocante para Izael, que mandou um recado para todos que colaboraram com as suas vendas. Disse que vende porque realmente precisa, porque é uma fonte de renda para sua família, já que não tem ninguém com quem contar.


Ele agradeceu muito a todos e desejou que Deus os abençoasse. A história foi parar em vários lugares na internet, e muitas pessoas tiraram um tempo para parabenizar os condôminos por sua iniciativa.

Nesse momento em que muitas famílias estão passando por necessidades, atitudes como essa são cada vez mais bem-vindas e apreciadas. Parabéns a todos os envolvidos!

Pai faz filha caminhar 8 km, sob frio de 2°C, até a escola, porque praticou bullying

Artigo Anterior

Nenhuma educação saudável é construída à base de gritaria. Saiba conversar com seus filhos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.