Pessoas inspiradoras

Vendendo café e milho, jovem paga os estudos e se torna veterinária. “Nada é impossível”

Gloria tem orgulho de trabalhar ao lado dos pais e acredita que o esforço e a vontade de trabalhar sempre devem prevalecer.



Quanto mais tempo vivemos, mais percebemos que o sucesso nunca está à nossa espera.

Na realidade, se quisermos ter êxito em alguma área, seja ela profissional ou pessoal, devemos correr muito atrás dos nossos objetivos, deixando de fazer inúmeras coisas e abrindo mão de outras para, quem sabe, chegar aonde esperamos.

Em San Lorenzo, no Paraguai, a jovem Gloria Bernal Jara foi ensinada a pensar exatamente da mesma forma: trabalhando todos os dias com seus pais para conquistar seus objetivos, que nem sempre chegam até nós de mão beijada. Com muitas publicações em suas redes sociais, ela não se envergonha nem um pouco da sua ocupação: venda de café e milho.


Gloria publicou recentemente que não tem medo do sucesso, tampouco vergonha de vender café e milho com seus pais. Ela nunca se deixa humilhar por querer ganhar dinheiro extra, revelando que, na verdade, sente muito orgulho em saber que pode enfrentar qualquer situação que apareça em seu caminho.

A jovem de 24 anos acabou de se graduar em Ciências Veterinárias e explica que só foi possível porque o trabalho ajudou a pagar suas mensalidades. Sua mãe Victoriana vende milho, legumes e verduras sazonais no Mercado de Abasto há 35 anos, e o pai, Justino, vende café no mesmo lugar. A família sempre precisou se esforçar muito, segundo reportagem do Extra, para oferecer educação de qualidade e um pouco mais de conforto para Gloria.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@gloriabernaljara.

Como forma de agradecer e contribuir, a filha ajuda os pais nos dois empreendimentos, e explica que se sente honrada em poder trabalhar e ganhar dinheiro ao lado das pessoas que mais admira. Victoriana e Justino sempre incentivaram o estudo e, além de serem pais amáveis, também acreditam que o ser humano precisa do trabalho para conquistar seus sonhos, e foi justamente dessa forma que Gloria aprendeu a fazer as coisas.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@gloriabernaljara.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@gloriabernaljara.

Assim que a quarentena começou, Gloria revela que vendia café com o pai no mercado local e ainda vendia milho com a mãe durante o dia. Mesmo tendo se tornado veterinária, a jovem segue ajudando os dois, mas também conseguiu um emprego em uma clínica, no período da tarde. Essa é a forma como acredita que as coisas devam ser feitas, e encoraja todos da sua idade a agir da mesma maneira.

Sempre demonstrando eterna gratidão pelos esforços dos pais, ela também baseia suas conquistas no tamanho do esforço que precisou fazer ao longo dos anos. Para ela, esse é o segredo para chegar aonde se pretende, a chave para a realização dos sonhos.


Empresários se unem e contratam apenas pessoas sem teto, ex-presidiárias e com deficiência!

Artigo Anterior

Flagrado estudando no chão da rua, menino recebe ajuda de policiais e ganha internet e tablet

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.