Pessoas inspiradoras

Vendendo coxinhas da avó a R$ 1, jovem pagou as mensalidades da faculdade e se tornou terapeuta!

Com o apoio da avó, a jovem conseguiu o diploma e fez questão de homenageá-la!



Conquistar o diploma do ensino superior é o sonho de todos que entram na faculdade, em qualquer idade. Esse papel tão valorizado não apenas nos abre portas no mercado de trabalho, ajudando-nos a nos destacar, mas também representa a realização de um sonho e atesta a nossa sabedoria, força de vontade e dedicação.

Para alguns, conquistar uma vaga na faculdade é relativamente fácil, pois temos condições financeiras de bancar nossos estudos ou podemos ser beneficiados por algum programa que nos concede bolsa total ou parcial no período de estudo.

No entanto, para outros, é um desafio muito grande não apenas iniciar a graduação, mas também se manter nela, já que as mensalidades têm custo muito alto.


Para driblar os desafios e se manter firme no caminho rumo ao diploma, milhares de estudantes recorrem a medidas inovadoras, que deixam clara a sua paixão pelos estudos e o desejo de se formar. Esse é o caso de Samires Souza, uma jovem de Belém (PA). De família humilde, ela não tinha condições de pagar sua graduação em Terapia Ocupacional, cuja mensalidade custava R$ 1,5 mil.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@samiressouza.

Então, resolveu vender salgados na rua. No entanto, não eram quaisquer salgados. Nessa jornada de cinco anos, segundo o Pequenas Empresas e Grandes Negócios, ela contou com o apoio da avó Maria Cavalcante, que acordava de madrugada para fazer as coxinhas, as quais Samira vendia a R$ 1 cada uma. Dona Maria, que é dona de um restaurante, foi o apoio de que a jovem precisava para completar a graduação, por isso recebeu uma homenagem muito especial quando a neta recebeu o diploma.

Por estar trabalhando no dia, a mulher não conseguiu ir à cerimônia, mas Samires foi ao estabelecimento comercial da avó, com a beca da formatura, e um cartaz de agradecimento em que dizia: “Vovó, graças às suas coxinhas de R$ 1, formei.”


Direitos autorais: reprodução Instagram/@samiressouza.

A cena foi registrada e comoveu os que acompanharam de perto o esforço de ambas no período em que Samires esteve na faculdade. Na homenagem, a jovem disse que os seus pilares foram a mãe e a avó, e que dedicou seu diploma às duas. A superação da jovem e o apoio que recebeu da avó são grandes exemplos para todos nós. Que Samires seja muito bem-sucedida em sua carreira!

Sem-teto que morou na rua por 10 anos mobiliza R$ 285 mil em doações e ganha apartamento mobiliado!

Artigo Anterior

Funcionário pagou lanches a filhos de mulher sem dinheiro e ela arrecadou R$ 230 mil para ele!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.