Reflexão

“Ver morrer os que amamos é também morrer um pouco” (padre Fábio de Melo)

ver morrer os que amamos é também morrer um pouco Padre Fábio de Melo

Quando perdemos alguém que amamos muito, perdemos uma parte de nós. Uma grande reflexão.



As pessoas que amamos são os tesouros mais preciosos que podemos ter. Sejam familiares ou amigos, elas são companhias leais, que ajudam a moldar nosso caráter, a conquistar aquilo que sonhamos e a sermos cada dia mais felizes.

Essas pessoas estão ao nosso lado sempre que precisamos, seguram nossas mãos quando caímos e nos dão colo e conforto, quando nos sentimos sozinhos e precisamos de amor e atenção. Elas são parte fundamental de todas as nossas vitórias, e ocupam espaço muito grande em nosso coração.

Por isso, é muito difícil para nós lidarmos com sua partida. Perdê-las é nos despedir de uma parte de nossos corações e ter que encarar o mundo um pouco mais “vazios”, sem a dose diária de amor e confiança que elas nos transmitiam através de seu cuidado e dedicação.


O padre Fábio de Melo publicou, em seu perfil no Instagram, recentemente, uma frase que resume bem o sentimento de perder alguém querido: “Ver morrer os que amamos é também morrer um pouco.”

Se você já perdeu uma pessoa amada, sabe que esse é o sentimento que nos domina, o de ter perdido também um pouco de quem somos, já que essa pessoa esteve conosco por tanto tempo.

É difícil para nós recomeçar sabendo que não teremos por perto aquela pessoa que sempre nos motivou a continuar, a acreditar em nós mesmos e a não nos abater diante das dificuldades, e leva um tempo até conseguirmos aceitar o que aconteceu e reaprender a caminhar e a reencontrar a alegria em nossos dias.

A morte afeta não apenas aqueles que partem, mas também aqueles que ficam, e é preciso muita força, coragem e compromisso para aprender a conviver com essa falta e transformar a dor e a saudade em motivação para conquistar tudo aquilo que a outra pessoa desejaria para nós.


Quando enfrentamos essa realidade tão dolorida, é fundamental contar com o apoio daqueles que nos amam e não fechar nossos corações, pois a vida está constantemente se transformando e nos dando razões para ser felizes e honrar a memória daqueles que sempre caminharam conosco.

A morte é inevitável, mas todos os momentos que vivemos com a outra pessoa e os sentimentos que compartilhamos com ela a mantêm viva em nossa mente e coração, e nos ajudarão a encontrar a luz mesmo nos lugares mais escuros.

Compartilhe esta reflexão em suas redes sociais!


Mulher africana faz linda dança de celebração por ganhar primeiro par de sapatos da vida!

Artigo Anterior

Policiais doam bicicleta nova a entregador que trabalhava com bike alugada!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.