Espiritualidade

A viagem continua…

Não admitas que desalento e azedume te anulem a confiança em Deus e em ti mesmo.



Estamos todos num curso de aperfeiçoamento espiritual valendo por viagem
difícil para os cimos da espiritualidade.

Toda subida exige suor.


Se já te retiraste do vale, no encalço dos montes dedicados ao conhecimento superior,onde se descerrarão novas luzes, segue adiante e não desanimes.

Terás, talvez, perdido certas preciosidades.
Não te impressiones.

Sabes que os Mensageiros da Luz te esperam à frente e não se faria possível alcançá-los sob o peso de bagagem excessiva.


Provavelmente, sofreste o afastamento de amigos.

Não te aflijas.
Seguindo sempre, obterás mais facilmente as condições precisas, a fim de auxilia-los para que se reinstalem na equipe.


Pessoas amadas resolveram descansar, sem necessidade, nas margens da senda, impondo-te o desapontamento da separação temporária.
Não te incomodes.

Todas elas serão compelidas pelas circunstâncias,
a retomarem o caminho.


Sugestões de imaginária fadiga te empalidecem o ânimo.
Não te deixes abater por impressões negativas.
Trazes contigo o manancial da fé, sobre o qual se apóia tua sustentação na jornada.

A morte, em vários casos, te haverá furtado a presença alentadora de alguém, cujo carinho te escorava a sensibilidade no dia-a-dia.


Não te interrompas, porém.

Essa criatura se adiantou na estrada, de modo a aguardar-te, com mais riqueza de amor, no mais além.

Haja o que houver, não te detenhas na subida escabrosa, porque a viagem continua, independentemente de nossa própria vontade, e essa viagem é a própria vida que Deus concede a cada um para que, gradativamente, nos desfaçamos de qualquer sombra na conquista da luz.

Emmanuel


Do livro “Linha Duzentos” – Chico Xavier.

O que é o verdadeiro amor?

Artigo Anterior

17 formas pra lá de inteligentes de usar a câmera do seu celular

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.