5min. de leitura

A vida é feita de escolhas e todas elas nos levam a um aprendizado

A vida é feita de escolhas e todas elas nos levam a um aprendizado. Desde cedo escolhemos entre ir e ficar, por medo ou por amor.

Até mesmo a não-ação é uma escolha. Muitas vezes, a vida parece não andar, as situações se repetem, e não sabemos como sair do labirinto. E nos questionamos, como eu vim parar aqui?


Creia, existe uma razão. É chato quando dizem “tudo tem seu tempo”, mas é a mais pura verdade. A vida é feita de ciclos, e não adianta colocar o carro na frente dos bois. Há tempo para produzir, tempo para amar, tempo para silenciar, estudar, viajar, engravidar e tudo está certo como está.

Há tempo para tudo, inclusive para mudar. Mudanças são bem-vindas, não tenham medo delas.

Mudar não é fácil, é um comprometimento com a sua evolução. Você alcançará esse estágio na medida que se conhecer melhor.

Sempre escrevo sobre autoconhecimento. Creio que através da nossa reforma íntima, ao desenvolvermos nossa consciência, estaremos beneficiando não só a nós mesmos como ao próximo e, pouco a pouco, consciências despertas estarão influenciando o mundo.


E não tem como falar de reforma íntima, sem falar de espiritualidade. Cada pessoa enxerga a espiritualidade de uma maneira. Eu não tenho religião, mas creio que sou amparada pela espiritualidade, porque senti que era e não porque alguém me disse.

Há pessoas que não tiveram experiências, e tudo bem.

Para mim praticar espiritualidade é desenvolver a consciência, aprender a lidar com o ego, colaborar com o seu próximo.  Ser compassivo, presente e amoroso.


Espiritualizar-se é um exercício que não se encontra nos livros, igrejas ou doutrinas. Encontra-se no dia a dia, no sorriso que demos, na gratidão que sentimos, no amor que compartilhamos.

A cada novo dia, uma nova oportunidade de ser.

E isso é um presente, mesmo que muitas vezes não consigamos ver. Encare seus medos e desafios como aprendizados e não como castigo.

Aquiete-se… medite. Não acredite em tudo que você lê ou vê… sinta no seu coração, se faz sentido para você.

O coração é a sua bússola. Quando mente e coração trabalham juntos, toda escolha fica mais fácil.

Estamos imersos nessa realidade que nos apresenta obstáculos e medos. Sair dessa vibração é um desafio.

Temos que saber separar bem cada coisa no seu lugar, desligar a televisão, se for preciso.

E isso não faz de nós pessoas alienadas, mas pessoas conscientes do que é bem ou mal.

Peneirar o que nos é apresentado, aprender a questionar… sem julgamentos, mas com o coração.

Somos energia… e somos responsáveis por ela, vibre no amor e na luz.

É triste ver pessoas abandonando seus sonhos por medo da realidade, infelizmente, muitos jovens se encontram nessa situação.  E quando olhamos em seus olhos, vemos que uma parte da vida está se apagando, seus olhos já não tem o mesmo brilho.

Estão nessa condição porque são guiados pelo medo. Medo da falta, escassez, crise… não é fácil abandonar as resistências.

É preciso confiar que é possível mudar, mas para isso temos que nos conectar com nossa alma, e nos conhecer. Sair da superfície e encarar nossos medos.

Estendi-me demais, mas toca-me ver jovens repetindo caminhos que não levam para dentro, mas só fazem com que andem em círculos.

Espero que essas palavras sirvam ao seu coração.

Gratidão.

_______________

Direitos autorais da imagem de capa: Matt Collamer on Unsplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.