publicidade

A vida é uma escola e vamos sendo “avaliados”…

O ponto de transformação na vida!



Cada ser humano é único e como tal a sua experiência e o modo de sentir a vida é muito particular também.

Todos passamos por experiências dolorosas a nível físico e emocional, mas uns reagem com uma atitude mais positiva com uma postura de aprendizagem e outros com uma reação de revolta, mágoa.

A vida é como uma escola e vamos sendo “avaliados” através dos nossos testes.


Quando passamos o teste seguimos para o patamar seguinte com novo desafio em geral superior ao anterior, mas já com aprendizagem anterior de superação.

Quando não passamos iremos repetir o teste até ser bem-sucedidos. Alguns persistem, outros desistem. Quando se desiste, a visão da vida torna-se muito enublada com mágoas, rancores, ressentimentos.

Só aprendemos as lições da vida de duas formas: pelo amor ou pelo sofrimento.


Regra geral, a primeira aprendizagem é sempre pelo sofrimento. Por exemplo: mudanças alimentares ou de estilo de vida ocorrem em consequência de uma doença. A partir daí passamos a cuidar do nosso corpo com mais amor e carinho.

Se a pessoa continuar no mesmo caminho tratando apenas os efeitos e não a causa da doença, esta irá regressar de uma outra forma.

Onde está o ponto que impulsiona a mudança em nós? Na minha opinião e experiência o ponto de viragem dá-se quando paramos e questionamos séria e profundamente: “Quem Sou EU? O que faço aqui? ”

As respostas para estas perguntas não vêm do exterior, de um guru, de um professor, de um teólogo, mas sim da serenidade do nosso coração pela voz da intuição.
Quando sentimos a resposta tudo muda, a nossa perspectiva, as nossas escolhas, o nosso estilo de vida. Um novo caminho surge com possibilidades infinitas ao nosso redor. Surge um novo EU!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.