3min. de leitura

A vida não é bipolar, ela apenas não é estática!

Você acorda de manhãzinha, com um sorriso frouxo e diz: “Que vida perfeita”!

Sai para trabalhar e se depara com um outro sorriso, pode ser que se depare com uma cena triste ou alegre, não importa, fez um click dentro de você, o coração bateu mais forte, o estômago demonstra sinais de ansiedade e pronto, está feita a bagunça.


Se não seria essa uma das maiores lições da vida, qual seria então?

Somos provados diariamente que a única constância desta vida é a certeza de que tudo, exatamente tudo, muda, e mesmo que não queiramos, um dia percebemos que estamos em escolhas que não nos cabem mais, que vivemos amores, sonhos e vidas que já não nos vestem mais, igualzinha aquela calça tamanho 34 que você guarda no armário e insiste em não querer doar, porque ainda tem esperança de que um dia ela lhe sirva novamente.

Então, procuramos leituras, conselhos, buscamos culpar a vida, o dia, por todo desconforto e sensação que está bagunça nos causa.


Garanto-lhe, não foi o dia que começou mal, não é culpa sua, foi apenas a vida que deu sinal de vida, sinal de que a zona do conforto podem ser nosso maior amigo, mas também nossos pior inimigo.

Um dia, todo esse “conforto” partirá, levando de nós alguns sonhos e nos trará outros; sempre é uma troca, é sempre uma evolução e, se tudo der errado, não esquenta não!

Errado é não viver, errado é fingir pelo medo do julgamento, é não aprender, é querer parar tudo, literalmente, querer guardar tudo em uma caixinha mágica, evitando que qualquer pingo de mudança nos atinja, quando neste exato momento o mundo gira, as horas passam, envelhecemos, ganhos e perdemos, direta ou indiretamente mudamos, e às vezes, nem percebemos.

Então, pega todo esse medo, entregue nas mãos de Deus, do Universo, apenas entregue! E aceite, que não é  que a vida seja bipolar, ela apenas não é estática.

___________


Direitos autorais da imagem de capa: NejroN / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.