4min. de leitura

A vida não é sobre o quanto você cai, mas sim, sobre cada vez que algo aí dentro do coração pulsa e te faz levantar!

 A vida não é sobre o quanto você cai…. ( Carta a um coração partido… )

Preparo-me neste momento para poder descansar, meu corpo me pede insistentemente para que assim eu faça.


Pedi a ele então que pudesse aguardar apenas mais cinco minutos porque eu tinha algo muito importante a fazer.

Meu coração angustiado, não poderia encerrar este dia sem falar com alguém muito especial: Você!

Eu imagino como possa estar seu coração neste momento, não sinto sua dor, mas  compartilho deste momento com você, só quem já teve o coração despedaçado alguma vez na vida, sabe o que é  ver seus pedaços por aí derramados e de canto em canto ter que ir juntando cada um para então poder reconstruir.


Eu sei, não tem sido dias fáceis, o peito aperta, a angústia por vezes toma conta. Junto à dor um misto de emoções, são tantas que às vezes a gente já não sabe mais distinguir.

É uma briga entre nosso coração e nossa razão, cada um vai para um lado e assim a gente parece não sair do lugar.


De um lado o peito sangra, do outro, nossa mente nos diz que já é tempo de parar de doer.

É preciso selar a paz, alguém precisa ceder! É uma escolha árdua eu sei, lutar com a gente mesmo é a batalha mais difícil que podemos travar por toda nossa vida, mas é necessário.

Uma parte de nós precisa ir para que outra prevaleça. É preciso escolher um caminho a seguir.

Mas, já parou para pensar que nessa batalha, só há um vencedor?

Você mesmo!

Por falar em vencedor, já parou para olhar o significado dessa palavra?

“Que ou aquele que triunfa, que comemora as honras da vitória.”

Já notou como a palavra vencedor é composta? Não?! É assim: Vence Dor Ou seja, aquele que sabe que as dores existem, porque são inerentes à vida humana, mas, triunfa sobre cada uma delas. A vida não é sobre o quanto você cai, mas sim, sobre cada vez que algo aí dentro do coração pulsa e te faz levantar, mesmo sabendo que volta e meia, ela vai te fazer cair de novo e de novo. Deus dá as maiores batalhas para os seus melhores guerreiros.

Despeço-me com a certeza de que, embora sejam dias difíceis com eles vem também a certeza de que quem agora lê estas breves palavras é alguém que já triunfou e triunfará sobre mais esta tempestade que a vida insiste em apresentar.

Quem sabe ela seja uma daquelas chuvas de verão que antecedem um lindo dia de sol que está por raiar.

Despeço-me citando Padre Fábio de Melo: “Deus resolveu reformar o mundo e escolheu o seu coração para iniciar a reforma, se Ele ainda acredita, quem sou eu para Duvidar?”





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.