Animais

VÍDEO: cachorro balança cadeirinha para bebê dormir e viraliza nas redes sociais

capa site VIDEO Cachorro balanca cadeirinha para bebe dormir e viraliza nas redes sociais

Nas redes sociais, o husky siberiano chamado Bowser é visto em vários momentos cuidando da pequena bebê, como se fosse seu guarda-costas.

A sensibilidade dos animais sempre se mostra uma das principais características de nossos companheiros de quatro patas. Não importa qual seja o contexto geográfico ou socioeconômico, os pets sempre se envolvem com a família e seus tutores, mostrando que para eles o amor vem em primeiro lugar.

Em muitos momentos, os cães conseguem perceber coisas antes que elas aconteçam. Quantas vezes você já não leu uma notícia do cãozinho que sabia que a tutora estava grávida, tinha um tumor ou até mesmo quando algo de ruim estava para acontecer? Muito conectados a seus familiares, quando respeitados, os cachorros adquirem uma capacidade incrível de elevar sua capacidade perceptiva.

Alguns pais e mães acreditam que, com a chegada do bebê, os animais domésticos precisam ficar mais distantes, de preferência do lado de fora da casa para não correr o risco de nenhum acidente. Mas nem sempre é preciso ser assim. A menos que a criança tenha alergia severa ao animal com quem divide a casa, basta apenas ensinar sobre respeito, carinho e cuidado que os pets são capazes de reproduzir de maneira plena em suas relações.

A ideia de que cães e gatos — citando apenas os mais comuns — não sabem se controlar, têm comportamentos animalescos e devemos ter cuidado, principalmente quando existem crianças em casa, é nutrida principalmente por tutores e outros indivíduos que não têm as habilidades necessárias para fazer com que seus companheiros peludos sejam mais calmos e carinhosos.

Em inúmeras ocasiões, toda aquela explosão canina ou felina se deve basicamente ao fato de que os animais precisam gastar energia, caso contrário acabam se excedendo quando veem seus tutores. A responsabilidade de auxiliar os animais domésticos na interação com outras espécies e/ou pessoas é única e inteiramente dos donos, precisando fazer a ponte entre eles e os demais na socialização.

Nem sempre é um trabalho simples, mas a partir do momento que os cães conseguem se relacionar com todos os outros membros da casa constantemente e de maneira educada, perde-se qualquer receio quanto à socialização deles com os filhos, principalmente quando são muito pequenos. O senso de responsabilidade das crianças pode ser alimentado, assim como elas também podem contar com um companheiro de quatro patas.

Para Karen e Eric Juchemich, pareceu extremamente natural deixar os seis animais de estimação fazerem parte da rotina da casa, mesmo depois que Delaney, a filha biológica, nasceu. A sensação de proteção da mãe não ficou abalada, e ela provou a todos os seguidores que a socialização dos animais com os bebês pode ser a mais linda de todas.

Tutora de Grandpaw, Bowser e Winnie, três huskies siberianos, e de Ike, Paisley e Missy, três gatinhos, ela não viu problema em deixar todos conviverem de maneira adequada depois do nascimento da filha concebida por fertilização in vitro. Nas redes sociais, um vídeo de um de seus cachorros fazendo a bebê dormir viralizou e muitas pessoas acharam surpreendente a maneira como age ao lado da pequena humana.

No perfil The Jucke Pack, criado para acompanhar os cães, as filmagens de Bowser ninando Delaney ganharam destaque pela primeira vez, logo depois a página WeRateDogs as repostou, fazendo com que as cenas viralizassem. Muitos seguidores usaram a seção de comentários para perguntar onde poderiam arrumar um cão como aquele ou se ele estava disponível para ajudar na hora de dormir.

Veja o vídeo abaixo e confira a cena de extrema fofura entre o cachorro e Delaney, a bebê:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por The Juke Pack (@thejukepack)

0 %