Comportamento

Virgem de 32 anos dá conselho a mulheres: “Com as pernas fechadas, se escuta melhor a Deus”

Foto: Reprodução
capafacebook Virgem de 32 anos da conselho a mulheres Com as pernas fechadas se escuta melhor a Deus

A mulher faz questão de compartilhar nas redes sociais que esperará até o casamento para perder a virgindade!

Durante muitos anos, a virgindade foi considerada um sinal de valor para as mulheres. Aquelas que se “guardavam” até o casamento eram consideradas “melhores parceiras” do que as que trilhavam um caminho oposto.

Essa valorização da virgindade diminuiu com o tempo, hoje o número de mulheres que vive a sua sexualidade sem se prender a tradições é muito maior. Mas ainda existem mulheres que preferem se apegar à tradição, seja por conta dos próprios desejos pessoais ou das suas crenças.

Em um mundo onde permanecer virgem até a vida adulta pode parecer “cafona” e motivo de piada, elas não têm medo de falar em público sobre suas escolhas e até de aconselhar outras mulheres a seguirem pelo mesmo caminho.

Zukiswa Joyi, da África do Sul, é uma dessas mulheres. Aos 32 anos, ela ainda é virgem e não tem um parceiro. Para muitas pessoas, isso é inacreditável, mas Joyi fala muito sobre esse assunto, e faz questão de afirmar que, enquanto não tiver aliança no dedo, não se entregará a nenhum homem.

2 Virgem de 32 anos da conselho a mulheres Com as pernas fechadas se escuta melhor a Deus Copia

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Zukiswa Joyi

Cristã praticante, a mulher vê a virgindade como uma maneira de quebrar o que chama de “maldição” da família, de ter filhos fora do casamento e com homens diferentes. “Sem anel, sem sexo. Pureza sexual e santidade até o fim”, afirma a mulher.

Em relato nas redes sociais, ela falou um pouco sobre essa realidade quando completou 32 anos, em setembro do ano passado:

32 anos de graça desbloqueados

32 anos e ainda sou virgem pela graça de Deus.

32 anos e a maldição de ter filhos fora do casamento com homens diferentes está quebrada na minha linhagem

32 anos e a maldição das mulheres que dependem dos homens para a sobrevivência é quebrada da minha linhagem

32 anos e a maldição da pobreza foi quebrada da minha linhagem

Estou quebrando maldições geracionais porque venho de uma família desfeita. Quando meus pais me tiveram, ambos ainda eram adolescentes, no ensino médio, mas Deus me preservou de tudo. Minha vida é um testemunho vivo

Eu só quero agradecer a Deus pelo sangue de Jesus Cristo que me libertou da maldição de quebrar as leis de Deus (Gálatas 3:13).

Estou livre porque o Filho me libertou.

Sou grata porque Jesus me ama demais. Ajude-me a dar glória a Deus enquanto digo obrigada por mais um aniversário

3 Virgem de 32 anos da conselho a mulheres Com as pernas fechadas se escuta melhor a Deus Copia

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Zukiswa Joyi

Além de ter uma opinião muito forte sobre a importância da virgindade para si, a africana também acredita que esse é um caminho que deve ser seguido por outras mulheres, e aconselha jovens a permanecerem “puras” até dizerem “sim” ao seus futuros maridos, além de não terem filhos fora do casamento, e a fugir do divórcio.

Como era de se esperar, as publicações de Joyi nas redes sociais têm atraído pessoas que não concordam com seu ponto de vista. “Ser virgem não significa que você é uma santa nem faz de você uma boa pessoa”, disse um de seus críticos. “Ser virgem não significa que você terá o melhor casamento da Terra, não significa que seu coração seja puro”, acrescentou outra pessoa.

E as críticas não param: “Há muitos que são virgens, mas não anunciam porque sabem que é algo muito particular”, disse uma pessoa que não concordou com a exposição que Joyi faz da sua decisão.

4 Virgem de 32 anos da conselho a mulheres Com as pernas fechadas se escuta melhor a Deus

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Zukiswa Joyi

No entanto, a mulher não parece se preocupar com as palavras negativas, ela continua fazendo diversas postagens celebrando sua virgindade e convidando pessoas a fazerem o mesmo.

0 %