ColunistasO SegredoReflexão

Vitrines imperfeitas – agradar o tempo todo está fora de moda!

vitrines

Motivos não faltam. É preciso tirar um tempo pra tudo. Esse desespero em querer ser feliz, essa necessidade de exibicionismo, essa carência amarga da alma para mostrar que ela existe.



Consiga um tempo para você, tente se conhecer.

Mas meu amigo minha amiga, digo a você com propriedade, tire o tempo que for preciso, ainda assim você nunca vai se conhecer por completo, sempre há uma nova imagem, um novo contexto, uma página nova que muda tudo dentro de você.

Essas vitrines virtuais confundem a percepção que temos diante da vida, diante da nossa vida, do que somos, quem somos, como somos… o mundo parece perfeito e nos sugere e cria um palco de ilusões, onde tudo parece a ilha de caras, ou seja, “parece” perfeito, o próprio paraíso.


Não!!! A vida é muito mais que isso, a gente chora, ri, briga, é feliz, sofre, fica triste. Isso é ser humano, demonstração de sentimentos, valorização da privacidade, amigos verdadeiros.

Não existe perfeição, não se carrega um sorriso no rosto 24 horas do seu dia e felicidade existe sim, e é maravilhoso quando reconhecemos os instantes em que essa energia aparece, mas sempre aparece o outro lado da moeda e isso não te faz fraco ou pior, isso te faz humano.

Pra descontrair: pare de levar tudo ao pé da letra e viva.

Se tá doendo: chore, se tá feliz: sorria, se magoou: fale, se ama: olhe nos olhos, se perdeu: acalme-se, se precisar de tempo: dê um tempo, coloque as idéias em ordem.


Agradar o tempo inteiro está fora de moda, acredite em mim, o legal é ser feliz e não parecer feliz.

Exibir felicidade o tempo todo, mostrar o quanto a sua vida é bacana, fazer o que os outros querem que você faça é cafona, brega, não usa mais.

Fernando Pessoa diz: “se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente! Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-as. Se perder um amor, não se perca! Se o achar: segure-o! Circunde-se de rosas e ame… o mais é nada” O mais é nada!


Verdades que parecem mentiras…

Artigo Anterior

Das coisas irritantes da vida…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.